keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Startup amplia oferta de serviços digitais para instituições financeiras

Para atender a demanda, bancos, fintechs e cooperativas expandem suas plataformas

A pandemia acelerou o processo de transformação digital em muitos setores e o mesmo ocorreu com as instituições financeiras. Algumas delas tiveram que se adaptar e contar com o apoio de empresas de tecnologia para aprimorar transações e melhorar a experiência de seus consumidores. De acordo com a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2020, em parceria com a consultoria Deloitte, as movimentações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais – internet e mobile banking – foram responsáveis por 74% das operações analisadas em abril. 

A startup Hallo tem como foco desenvolver soluções digitais de relacionamento e engajamento para organizações financeiras, e tem como principal serviço o desenvolvimento de marketplaces personalizados para instituições financeiras. Neste período de pandemia, houve uma maior procura desta ferramenta por bancos, cooperativas de crédito e fintechs, que buscam se tornar algo mais que uma simples plataforma bancária, mas que seja funcional à rotina e vida financeira das pessoas, especialmente para clientes de micro e pequenas empresas, como forma de ajudá-los a enfrentar a crise. Atualmente, a startup Hallo tem em seu portfólio clientes como Stone, Asaas, Unicred, Sistema Ailos, Cresol e Sicredi. “Tivemos um grande aumento na procura pelo incremento de serviços digitais. Diariamente nossos clientes nos informam um crescimento nas vendas dentro de seus marketplaces e querem agregar sempre mais inovações”, avalia o CEO da startup Hallo, Bruno Grahl.

O mercado caminha para uma tendência cada vez maior de serviços digitais ágeis, intuitivos e personalizados. Por isso, a Hallo desenvolve para cada instituição uma plataforma personalizada para a realização de negócios, divulgação de marcas e apoio à economia local. “Com a ferramenta que desenvolvemos, correntistas ou cooperados têm acesso a uma plataforma gratuita de classificados on-line, onde podem anunciar produtos e serviços e realizar pagamentos dentro das opções oferecidas pelo próprio banco, fintech ou cooperativa que possuem conta, como crédito, cartão, empréstimos, QR code, NFC, entre outras. Tudo feito de maneira fácil e prática por meio de um aplicativo ou site exclusivo”, explica Bruno.

Vale ressaltar que esse comportamento de compra on-line deve permanecer mesmo após o período de pandemia. O estudo Observatório Febraban aponta que 30% das pessoas pretendem aumentar as compras feitas via e-commerce pós-Covid. Com isso, a expectativa da Hallo é ampliar o número de clientes, acreditando nesta oportunidade de mercado e também na visão das instituições financeiras em apoiar seus clientes. “Através de nossos clientes vivenciamos relatos incríveis de micro e pequenos empreendedores que estão obtendo ótimos resultados e conseguindo se manter em meio à crise através das plataformas de marketplace que desenvolvemos para a organização financeira. Queremos estimular essa economia colaborativa”, reforça Bruno Grahl.

Todos os envolvidos se beneficiam, uma vez que o banco atrai e fideliza o cliente com mais um serviço oferecido, o cliente que pode digitalizar seu negócio sem precisar gerenciar ou ter que investir num e-commerce próprio, e quem compra pela plataforma, pois terá as vantagens de pagamento da instituição financeira aliada à comodidade e praticidade da compra on-line. Segundo dados da Comscore, divulgados em maio deste ano, os celulares são o método preferido dos brasileiros para acessar os serviços bancários, com 90% dos usuários preferindo essa opção. Além disso, a categoria “Financeiro” está entre as 10 mais procuradas e acessadas, com mais de 106 milhões de usuários únicos.

 

Mais serviços digitais para instituições financeiras

Além dos marketplaces personalizados, a Hallo já ampliou seus serviços de tecnologia e inteligência de dados para novos produtos, também destinados para as instituições financeiras. Segundo Bruno, dois deles merecem destaque: Clube de Vantagens e as assembleias on-line. Houve uma demanda maior para a oferta de Clube de Vantagens como forma de fidelizar usuários às instituições financeiras. A Hallo disponibiliza ferramentas de análise de comportamento do usuário e estatísticas para captar parceiros de maneira inteligente, baseada na necessidade do correntista ou cooperado. Já com as assembleias digitais, recurso usado por cooperativas de crédito, a Hallo atua no desenvolvimento de uma plataforma dedicada para fazer a votação e organização de documentos necessários para promover esses encontros virtuais.

Geral

Mulher ganha bebê na sala de casa em Indaial

Uma mulher de 36 anos deu à luz um menino na sala de casa em Indaial na noite desta segunda-feira (23). Segundo informações dos bombeiros, o parto ocorreu no bairro Estrada das Areias. Com isso, […]

Geral

Empresa cria vinho “Bolsonaro Il Mito”; garrafa custa R$139

Além do vinho, a marca também está disponível em sua versão espumante

Geral

Vídeo: Risco de estiagem faz com que Casan use sonda de perfurar petróleo para buscar água na Serra Catarinense

A Casan contratou empresas especializadas com tecnologia semelhante a extração de petróleo, que montou uma plataforma e uma sonda

Geral

Vídeo: Manifestação pede mais agilidade nas buscas por empresário desaparecido em Navegantes

O ato, que ocorreu em Navegantes, reuniu amigos e familiares que pediram mais agilidade nas investigações sobre o caso

Geral

UniAvan recebe reconhecimento nacional de Responsabilidade Social

Selo foi concedido pela Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) e levou em conta ações anuais e desenvolvidas durante a pandemia

Mais notícias