keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

“Stalker” é preso escondido dentro da casa da vítima em Joinville

O suspeito foi preso dentro da residência da vítima, a qual já havia proibido várias vezes a sua entrada

Imagem Ilustrativa

Policiais civis realizaram a prisão em flagrante de um homem pelos crimes de violência doméstica contra a mulher, em Joinville, na segunda-feira (27). Foi através dos policiais civis da 5ª Delegacia de Polícia de Joinville.

O homem foi preso por perseguição (stalking), ameaça e furto, tendo essas formalidades mencionadas na Lei Maria da Penha (artigos 5º e 7º da Lei 11.340/2006).

O suspeito foi preso dentro da residência da vítima, a qual já havia proibido várias vezes a sua entrada. Porém, ele nunca respeitou.

Com base nos fatos, foi dada a voz de prisão ao homem, que foi encaminhado à Central de Plantão Policial de Joinville para a lavratura do auto de prisão em flagrante pela Polícia Civil. O homem ficou à disposição da Justiça.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Criança encontra o corpo de mãe esfaqueado no quarto de casa

O marido da vítima confessou o crime e alegou “distúrbios psíquicos”

Segurança

Ponte quebra e caminhão fica preso na correnteza de rio em SC

A ponte onde houve o acidente era provisória e tinha a estrutura para aguentar apenas seis toneladas

Segurança

Mulher que morreu em acidente em Porto Belo deixa seis filhos

Após sair da pista, o carro capotou e ficou parcialmente submerso

Segurança

Homem que tentou matar funcionário de loja por causa de R$600 é preso

Ele foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde permanece à disposição da Justiça

Mais notícias

Tempo

Piçarras registra em torno de 100 casas destelhadas por conta do ciclone

Prefeitura ativou abrigo no ginásio de esportes do centro

Segurança

Criança encontra o corpo de mãe esfaqueado no quarto de casa

O marido da vítima confessou o crime e alegou “distúrbios psíquicos”