keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Setor de autopeças em SC está dispensado pelo governo de pagar ICMS

Decisão pretende dar mais fôlego e caixa para toda a cadeia produtiva

Toda a indústria de autopeças que tenha operações em Santa Catarina, mesmo sendo de outros estados, está dispensada de pagar o ICMS de maneira antecipada (ICMS-ST). Desde 1º de abril, o setor entra no esquema normal de cobrança do ICMS fazendo o pagamento somente após a venda para o consumidor final. Assim, o imposto deverá ser repassado por todos as etapas da cadeia de autopeças, incluindo o distribuidor e o comércio. No modelo ST, o recolhimento de tributos era feito antecipadamente, no início da cadeia produtiva, ainda na indústria. A medida do Governo do Estado de Santa Catarina vale tanto para operações internas quanto para as interestaduais que tenham como destino o estado catarinense.

Na avaliação do economista Alex Sandro Maciel, coordenador da Faculdade Brasileira de Tributação (FBT) em Itajaí e um dos diretores do Instituto Brasileiro de Gestão e Planejamento Tributário (IBGPT), o governo de Santa Catarina acerta na decisão, mas ele alerta às empresas, em especial as do Simples Nacional, para que fiquem atentas para a novidade para que não sofram penalidades do fisco estadual.

“A indústria fabricava e vendia um produto, por exemplo, em janeiro. Não quer dizer que em janeiro ele vai ser vendido pelo atacadista, pelo comerciante. Tem produtos que ficavam mais tempo no estoque do comércio. Mas a indústria já recolhia os impostos de toda a cadeia antes da venda final ao consumidor. Por um lado, o Estado antecipava a receita, por outro onerava a cadeia todos os meses por produtos que efetivamente ainda não haviam chegado no consumidor”, explicou Maciel. Portanto, segundo o economista, agora o Estado deve recolher de maneira mais precisa os impostos também permitindo um alívio no fluxo de caixa das indústrias.

Já neste mês, todas as etapas da cadeia produtiva terão de recolher o ICMS dos produtos. Comércios que tenham produtos adquiridos antes de abril, ou seja, com o ICMS já recolhido, precisam fazer um levantamento do seu estoque para repassar as informações ao Estado para que, assim, tenham o desconto do que já foi recolhido na hora da venda. O governo estadual, no entanto, não apresentou um prazo específico para isso.

O secretário de Estado da Fazenda (SEF), Paulo Eli, afirma que o governo está trabalhando na retirada da ST em diversos segmentos, com o objetivo de “desonerar a indústria catarinense”.  Nos últimos dois anos, o governo excluiu esse modelo de tributação em vários setores. Em 2018, foram os produtos alimentícios, materiais de limpeza e utilidades domésticas. Já em 2019, a lista foi bem maior, e incluiu materiais de construção e elétricos, lâmpadas, reatores, tintas, vernizes e similares, vinhos, artigos de papelaria e eletroeletrônicos. Não foram divulgados demais segmentos a serem contemplados em 2020.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Cidades

Itapema realiza audiência para apresentação da LDO 2023

A reunião aconteceu nesta segunda-feira (15/08) auditório da Prefeitura de Itapema

Cidades

Vereador Xepa pede brinquedos para crianças com deficiências nos parques de Itapema

O vereador se une à uma luta de muitas mães de filhos e filhas especiais

Cidades

Balneário Camboriú conquista a maior separação de recicláveis em sua história

Em julho de 2017, a população de Balneário Camboriú separou para reciclagem 3,4% do total de resíduos, percentual que agora chega a 8,9%

Cidades

Rede de esgoto do Estaleiro e Estaleirinho chega aos 65%

As obras de implantação da rede coletora no Estaleiro e Estaleirinho - únicos bairros que ainda não possuem saneamento, em Balneário Camboriú - iniciaram no fim do mês de outubro de 2021

Cidades

Canteiros de Itajaí vão receber mais de 100 mil mudas de flores

Os trabalhos seguem por todo o município com o objetivo de embelezar os espaços públicos

Mais notícias

Geral

Vídeo: Veja como será o túnel para travessia entre Itajaí e Navegantes, em Santa Catarina

A travessia entre as cidades de Itajaí e Navegantes, em Santa Catarina, deve ganhar um túnel submerso, agilizando a travessia do rio Itajaí-açu, que hoje depende um sistema de balsas (ferry boat). A associação dos […]