keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Secretaria da Agricultura interdita cultivos de ostras e mexilhões em São José na Grande Florianópolis

Medida foi necessária após exames laboratoriais detectarem a concentração de Escherichia coli (E. coli) acima do permitido

X
Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural comunica a interdição dos cultivos de ostras e mexilhões da localidade de Serraria, no município de São José, devido à presença de coliformes fecais acima dos limites permitidos. A partir desta quinta-feira, 7, está proibido retirar e comercializar ostras, mexilhões, vieiras, berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessa área.

A medida foi necessária após exames laboratoriais detectarem a concentração de Escherichia coli (E. coli) acima do permitido para o consumo de moluscos bivalves. Pelo mesmo motivo, também continuam interditadas para comercialização de mexilhões as áreas de Ponta de Baixo e Barra do Aririú. Os resultados das análises estão disponíveis no site da Cidasc

Outras áreas interditadas

Desde o dia 1º de outubro, permanecem interditadas os cultivos de moluscos nas localidades de Enseada do Brito, Maciambu, Praia do Cedro e Pontal, em Palhoça, devido à alta concentração de ficotoxina ácido ocadaico. Nessas áreas, está proibida a retirada e comercialização de ostras e mexilhões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia.

Monitoramento

A Cidasc monitora constantemente as áreas de produção de moluscos interditadas e arredores. Os resultados dessas análises definirão a liberação ou a manutenção das interdições das áreas afetadas.

Maricultura em Santa Catarina

Santa Catarina é o maior produtor nacional de moluscos, com 39 áreas de produção distribuídas em 11 municípios do Litoral. O setor gera mais de 1.900 empregos diretos e a produção gira em torno de 13 mil toneladas de mexilhões, ostras e vieiras.

Santa Catarina é destaque nacional

Santa Catarina é o único estado do país que faz o monitoramento permanente das áreas de cultivo. O Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva, dando garantia e segurança para os produtores e consumidores.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Polícia procura pais de criança de 2 anos encontrada na rua em Itapema

A criança ainda não se expressa com clareza, por tanto não foi possível saber onde reside

Geral

SC convoca para escolha de vagas 127 classificados em concurso para agente socioeducativo

O Governo do Estado irá convocar na próxima segunda-feira, 25, 127 candidatos classificados para o cargo de Agente de Segurança Socioeducativo no Concurso Público Edital 001/2016, homologados pela portaria 1.206, de 23 de setembro de […]

Geral

Bolsa do governo de SC pode pagar até R$1.500 para atletas

O atleta beneficiado pelo Programa Bolsa Atleta de SC não será impedido de receber benefício similar no âmbito do Governo Federal ou governos municipais

Geral

Raro bagre amarelo que pode chegar até três metros é capturado por pescador

Peixe capturado seria um Siluro, uma das maiores espécies, que pode chegar a mais de três metros

Geral

Santa Catarina pode ser atingida por tempestade de areia igual a que assolou outros Estados

A situação já ocorreu em São Paulo e Mato Grosso do Sul e assustou moradores no início de outubro

Mais notícias

Geral

Polícia procura pais de criança de 2 anos encontrada na rua em Itapema

A criança ainda não se expressa com clareza, por tanto não foi possível saber onde reside

Segurança

Pai e tio estupravam meninas de sete e 14 anos com o consentimento da mãe

Um caso chocante chamou a atenção de moradores de Sapiranga, no Rio Grande do Sul, o pai e a mãe de duas crianças, de sete e 14 anos, foram presos envolvidos em um caso de […]