keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Secretaria da Agricultura anuncia interdição de cultivos de moluscos em Florianópolis e Governador Celso Ramos

Santa Catarina é o maior produtor nacional de moluscos, com 39 áreas de produção em 11 municípios do Litoral

X

A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural comunica a interdição dos cultivos de ostras e mexilhões das localidades da Fazenda da Armação, no em Governador Celso Ramos, e de Sambaqui, Santo Antônio de Lisboa e Cacupé, em Florianópolis, devido à presença de ficotoxina Ácido Okadaico – também conhecida como toxina diarreica – acima dos limites permitidos. A partir desta quinta-feira, 6, está proibido retirar e comercializar ostras, mexilhões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessas áreas.

Exames laboratoriais detectaram a concentração de ficotoxina Ácido Okadaico acima do autorizado nos cultivos de moluscos bivalves. Quando consumida por seres humanos, essa substância pode ocasionar náuseas, dores abdominais, vômitos e diarreia.

“Esse é um fenômeno recorrente em Santa Catarina nessa época do ano devido, principalmente, às mudanças climáticas, aumento de temperatura e luminosidade. Além da influência das marés baixas, que permitem a maior concentração dessas microalgas em locais mais protegidos”, explica o gerente de Aquicultura e Pesca da Secretaria da Agricultura, Sérgio Winckler.

A Cidasc intensificou as coletas para monitoramento das áreas de produção de moluscos interditadas e arredores. Os resultados dessas análises definirão a liberação ou a manutenção da interdição. Os locais de produção interditados serão liberados após dois resultados consecutivos demonstrando que os moluscos estão aptos para o consumo.

Maricultura em Santa Catarina

Santa Catarina é o maior produtor nacional de moluscos, com 39 áreas de produção em 11 municípios do Litoral. O setor gera mais de 1.900 empregos diretos e a produção gira em torno de 13 mil toneladas de mexilhões, ostras e vieiras.

Monitoramento constante

Santa Catarina é o único estado do país que faz o monitoramento constante das áreas de cultivo. O Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva, permitindo maior segurança para os produtores e consumidores.

Geral

Itapema recebe novos respiradores do Governo do Estado

A semana iniciou com boas notícias para as ações de combate ao coronavírus em Itapema. A cidade recebeu mais dois respiradores do Governo Estadual que vão reforçar a estrutura da ala do COVID-19 do Hospital […]

Geral

Estação de Tratamento de Água será inaugurada nesta terça-feira em Penha

A concessionária Águas de Penha inaugura nesta terça-feira, 1º de dezembro, a Estação de Tratamento de Água de Penha (ETA), dando mais segurança hídrica ao município e ampliando a oferta de água tratada durante a temporada […]

Geral

Recém-nascida encontrada no lixo em BC segue internada na UTI do Hospital Ruth Cardoso

 A bebê encontrada em uma caixa dentro de uma lixeira em Balneário Camboriú, no último sábado (28), continua na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Municipal Ruth Cardoso, mas o estado de saúde da […]

Geral

Portobello ganha prêmio com projeto de uso eficiente de água na empresa

A Portobello, líder em varejo no segmento de revestimentos cerâmicos, é uma das vencedoras do prêmio Empresa Cidadã 2020, principal reconhecimento na área da cidadania empresarial catarinense. Organizado pela Associação dos Dirigentes de Vendas e […]

Geral

Trânsito na Serra do Rio do Rastro sofrerá alterações nos meses de dezembro e janeiro

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informa que o tráfego de veículos na Serra do Rio do Rastro sofrerá alterações durante os meses de dezembro e janeiro. Para os motoristas que irão […]

Mais notícias