keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Se não conseguir formalizar o “Aliança Pelo Brasil”, Bolsonaro pensa em plano B para reeleição

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

APB e planos B, C e D

O indicativo do presidente Jair Bolsonaro de que tem plano B para disputar a reeleição acendeu o alerta nos entusiastas do Aliança pelo Brasil (APB), ainda na fase (difícil) de coletas de assinaturas. O PTB, de Roberto Jefferson – que fez o convite para filiação, como revelamos – e o Patriota, com o qual paquerou em 2018, são as opções. O PRB, ligado à Igreja Universal, para o qual migraram os filhos Carlos (vereador) e Flávio (senador), também abriu portas. Mas a turma do APB mostra provas de que está no páreo. Numa participação em reunião online com militantes e empresários que bancam a coleta de assinaturas nos Estados, Bolsonaro descartou filiar-se a outra legenda.

Plano A

Para Bolsonaro, o APB é o foco. “Para mudar o Brasil, uma passagem obrigatória é ter um partido. A criação é gargalo; dá para passar, tivemos dificuldades com a pandemia”.

Passo a passo

O presidente indicou que o empresário Felipe Belmonte “está ajudando a superar os obstáculos”. E garantiu que o partido vai “cumprir as exigências da Justiça Eleitoral”.

Largada

Partidos já deram a largada para a eleição de novembro. O Patriota de Teresina fez sua convenção no último sábado. O candidato à Prefeitura será o major Diego Melo.

Que maldade

Há duas semanas, antes do início do julgamento da ação coletiva na Justiça de Manchester, na Grã Bretanha – iniciado ontem, na qual vítimas (pessoas e empresas) pedem indenização de R$ 26 bilhões à BHP/Samarco – a Fundação Renova tentou uma maldade contra os beneficiários do auxílio emergencial em Mariana. A entidade, bancada pelas mineradoras, quis cortar a ajuda financeira mensal.

Sem lamaçal

A Advocacia Geral da União soube do caso e agiu rápido, impetrou ação na 12ª Vara Federal de Belo Horizonte, e teve ganho de causa para manter o auxílio às vítimas do rompimento da barragem. O crime ambiental deixou 19 mortos, e uma vila inteira desapareceu. A Europa inteira está de olho no resultado do julgamento.

Acorda, povo

A Renova alegou que alguns beneficiários do programa não apresentaram contrapartidas combinadas, mas também não apresentou provas.

Puro sangue

Levy Fidelix, do PRTB (partido do vice General Mourão) vai disputar a prefeitura de São Paulo. O vice, também do partido, será o advogado Jairo Glickson.

18 capitais

O PRTB vai disputar prefeituras de 18 capitais, registrou Levy em cartório. Entre elas, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Goiânia, Macapá, Porto Alegre, Vitória.

Já era?

Essa tentativa de paz do governador Wilson Witzel com o clã Bolsonaro – tardiamente, diz entre portas a família – lembra o ato de reaproximação de Leonel Brizola com o casal Garotinho, no Rio de Janeiro, em 2002. À época, Brizola soltou a este repórter, justificando: “Política é a arte de curar cicatrizes”. Mas os Bolsonaro não deram a mão.

Dois pesos

O TJ do Piauí revogou a prisão domiciliar do jornalista Arimatéia Azevedo, suspeito de extorsão, e volta para o presídio. Mas tem gente perigosa nas ruas, por decisão da Justiça do Estado.

Missa

A Igreja Católica vem perdendo missionários importantes para o Covid-19. Foram-se o bispo de Palmares (AL), Dom Henrique Soares, e anteontem o jovem Pe. João da Silva, de Brasília. 

Política

Moisés é absolvido em julgamento e deve voltar ao cargo de governador em Santa Catarina

Por seis votos contrários ao afastamento, o governador volta ao cargo no Estado

Política

AO VIVO: Acompanhe a votação que decide o futuro de Carlos Moisés

O Tribunal Especial de Julgamento vota o primeiro pedido de impeachment contra o governador afastado Carlos Moisés da Silva (PSL) nesta sexta-feira (27) no Plenário da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina). Clique aqui para […]

Política

2º Turno: Eleitor não pode ser preso a partir desta terça-feira

Restrição a detenções vai até 48 horas após o segundo turno

Política

Câmara de São José ampliou economia e relacionamento com a população

Presidente da Câmara e vice-prefeito eleito, Michel Schlemper, faz balanço positivo da gestão que se encerra em dezembro

Política

Vereador e candidato derrotado à Prefeitura de Garopaba é preso em Brasília

Prisão preventiva foi decretada no final do mês de outubro, na Operação Ordem Urbana II, mas Luiz Antônio de Campos, o Luizinho, estava livre porque a legislação eleitoral proíbe a prisão de candidato nos quinze dias anteriores ao pleito, salvo em flagrante delito

Mais notícias