keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Se Liga na Rede BC vistoriou quase 12 mil imóveis em cinco bairros da cidade

Das 2.524 reinspeções, 58,33% dos imóveis já haviam regularizado as ligações. As principais irregularidades constatadas nas residências são a inexistência da caixa de gordura (36%), água pluvial conectada à rede de esgoto (24%), inadequações na caixa de gordura (24%), não conectado à rede esgoto (9,2%), conectado parcial à rede de esgoto (5,2%), existência de fossa, filtro/sumidouro (1%) e esgoto sanitário conectado à rede pluvial (0,6%).

O Programa “Se Liga na rede BC”, da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) divulgou nesta segunda-feira (09), o balanço de vistorias na cidade. Até o momento, 9.364 imóveis foram inspecionados e 2.524 reinspecionados, totalizando 11.952 vistorias em cinco bairros. A fiscalização é para verificar a situação das ligações hidrossanitárias através de teste de fumaça e lançamento de corantes na rede de esgoto. No último mês também iniciou a fiscalização através de microfilmagem. O serviço, feito inicialmente na Rua Síria, será executado, pelo menos, um sábado por mês em locais onde os testes de fumaça e corante não identificaram as irregularidades.

Já foram 100% vistoriados os bairros das Nações, Centro, Pioneiros, Praia dos Amores e Taquaras. O Bairro das Nações também já foi 100% reinspecionado, sendo que destes 8% já receberam envio de intimação. No Centro e Pioneiros foram reinspecionados 50%, Praia dos Amores 15% e em Taquaras as reinspenções iniciam em 30 dias. No Bairro Ariribá as vistorias iniciaram no final do mês de setembro e no Bairro dos Estados começará em novembro.

Das 2.524 reinspeções, 58,33% dos imóveis já haviam regularizado as ligações. As principais irregularidades constatadas nas residências são a inexistência da caixa de gordura (36%), água pluvial conectada à rede de esgoto (24%), inadequações na caixa de gordura (24%), não conectado à rede esgoto (9,2%), conectado parcial à rede de esgoto (5,2%), existência de fossa, filtro/sumidouro (1%) e esgoto sanitário conectado à rede pluvial (0,6%).

Caso seja verificada irregularidade, os consumidores têm 45 dias para providenciar a adequação. Após esse período haverá reinspeção. “Na reinspeção verificamos se as inadequações foram sanadas, caso não tenham sido, é lavrada intimação com prazo de 15 dias para defesa junto à EMASA. Se mesmo assim o problema não for solucionado, o proprietário do imóvel com ligação irregular será multado”, explicou a fiscal sanitarista do programa, Beatriz Nunes.

Confira algumas orientações do Se Liga na Rede BC:

– O imóvel deve ter caixa de gordura. Limpe periodicamente, coloque resíduos em recipientes plásticos e envie junto com o lixo ou doe para a reciclagem;

– Não despeje gordura de alimentos ou óleo de cozinha na rede esgoto;

– Não jogue lixo no vaso sanitário ou nas caixas de esgoto;

– A rede de esgoto da EMASA não foi projetada para receber as águas da chuva. Por isso, se fizer ligação da rede pluvial na rede de esgoto, o sistema pode transbordar, causando a proliferação de doenças e mau cheiro.

Qualquer dúvida ou informação pode ser esclarecida pelo telefone 0800 643 6272.

 

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Cidades

Porto Belo terá festival gospel com shows nacionais

A proposta em 2022 será diferente dos anos anteriores, dando a oportunidade de os fiéis participarem de dois shows nacionais

Cidades

Balneário Camboriú é a número 1 do Brasil em padrão de vida e sustentabilidade

Ranking avaliou mais de 5 mil cidades brasileiras nos mais diversos setores, como qualidade de vida, tecnologia, inovação, saúde e educação

Cidades

IBGE inicia Pesquisa Urbanística do Entorno dos Domicílios em Piçarras

Pesquisa verifica infraestrutura do município para realização do censo demográfico em agosto

Cidades

Mais de 900 alunos da rede municipal de BC visitaram a roda gigante

Objetivo é ensinar aos estudantes a importância da preservação ambiental para o setor turístico de Balneário Camboriú

Cidades

Lançado edital para ocupação das galerias das Casas da Cultura

Artistas e coletivos locais podem submeter propostas de exposição até o dia 28 de julho

Mais notícias

Segurança

Adolescente ameaça cometer atentado em escola de SC

O jovem é diagnosticado com transtorno mental e foi identificado e medicado