keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

SC recebe mais 265 mil doses de vacinas nesta quinta (24)

O Estado já ultrapassou a marca de 3 milhões de doses aplicadas entre dose 1 e dose 2, segundo os dados disponíveis no vacinômetro

X
Divulgação

Santa Catarina recebe nesta quinta-feira, 24, mais um reforço para o avanço da vacinação contra a Covid-19. Três lotes, totalizando 265.400 doses de imunizantes encaminhados pelo Ministério da Saúde, chegam ao Estado. O governador Carlos Moisés reforça o compromisso do governo em acelerar a vacinação com a chegada dos novos lotes: “É mais um avanço a ser comemorado. Como fazemos desde o início da campanha, garantiremos uma distribuição rápida aos municípios, que são os responsáveis pela aplicação. Mantemos o compromisso de aplicar a primeira dose em todos os catarinenses com mais de 18 anos até outubro”, disse o governador.

Na manhã desta quinta-feira, chegam ao Aeroporto de Florianópolis 126,2 mil doses da Coronavac. No começo da tarde, o Estado recebe mais 86.850 da Pfizer. Chegam também nesta quinta, de acordo com informação do Ministério da Saúde, 52.350 doses da vacina Janssen, fabricada pela Johnson & Johnson. Os imunizantes serão direcionados às 17 Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVEs) das Regionais de Saúde de Santa Catarina. 

Pela primeira vez, o Estado receberá a vacina Janssen. As 52.350 unidades serão aplicadas em dose única, o que permitirá acelerar a imunização. Segundo o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, o recebimento das vacinas da Janssen é um passo importante para o avanço no calendário de imunização. “Nosso Estado vem ampliando a vacinação. Seguindo nosso calendário, teremos toda a população catarinense maior de 18 anos vacinada com pelo menos com a primeira dose até outubro deste ano”, ressaltou o secretário.

O Estado já ultrapassou a marca de 3 milhões de doses aplicadas entre dose 1 e dose 2, segundo os dados disponíveis no vacinômetro. No grupo prioritário. que contempla idosos, trabalhadores da saúde, da educação, indígenas e mais 18 categorias, mais de 90% das pessoas já receberam, ao menos, a primeira dose (D1).

A Secretaria da Saúde vem alertando com relação à falta de retorno da população para a aplicação da segunda dose e faz um apelo àqueles que, mesmo estando no tempo de aplicação da D2, por alguma razão ainda não completaram o seu esquema vacinal,q ue sigam aos pontos de vacinação.
“Queremos chegar ao final do ano com a pandemia controlada e, para isso, precisamos da colaboração de todos. É preciso ficar atento ao calendário de vacinação e seguir os protocolos sanitários já conhecidos”, afirmou o secretário.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

Jovem que dizia estar ‘muito ocupada para tomar a vacina’, morre de Covid-19

Ela deixa um filho de 2 anos, que tem autismo, e duas meninas, de 4 e 7 anos

Coronavírus

Covid-19: sintomas de longa duração são raros nas crianças, diz estudo

Dos 1.734 positivos relatados na aplicação móvel, apenas 77 (4,4%) ainda tinham pelo menos dois dos três sintomas mais comuns (fadiga, dor de cabeça e perda de cheiro/paladar) após quatro semanas.

Coronavírus

Coronavírus em SC: 97 municípios não registraram óbito por Covid-19 em julho

Os números relacionados à Covid-19 em Santa Catarina, como óbitos e casos ativos, apresentam melhora consistente desde o pico, em março.

Coronavírus

Covid-19: embarcações são isoladas após tripulação testar positivo

De acordo com a nota, o único navio para o qual a Anvisa acionou o plano de contingência para o uso de ambulância, para retirada de tripulantes que precisavam de atendimento hospitalar, foi o Meghna Princess.

Coronavírus

Trabalhadores industriais com 27 anos serão vacinados contra a Covid-19 em Navegantes

Os profissionais da indústria com 27 anos ou mais serão vacinados contra o coronavírus a partir desta terça-feira (3) em Navegantes.  Os trabalhadores industriais podem ser vacinados em oito unidades básicas de saúde: Central, Gravatá, […]

Mais notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”