keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

SC: Marido que assassinou esposa com marteladas na cabeça é condenado a 16 anos de prisão

Vítima foi golpeada na cabeça após uma discussão entre eles e ainda foi estrangulada

Imagem Ilustrativa/Visor Notícias

Em sessão do Tribunal do Júri na comarca de Bom Retiro, na serra catarinense, um homem foi condenado a 16 anos de reclusão, em regime fechado, por matar a esposa com golpes de martelo e estrangulamento. O homicídio foi qualificado pelo motivo fútil, recurso que dificultou a defesa da vítima, asfixia e feminicídio.

O crime ocorreu em março de 2021, na residência do casal, em uma localidade do interior. Eles haviam discutido anteriormente. Esse teria sido o motivo que levou o réu a surpreender a vítima com golpes de martelo na cabeça, o que causou intenso sofrimento.

Em seguida, asfixiou a companheira por estrangulamento. A juíza Carolina Cantarutti Denardin manteve a prisão preventiva do acusado, que tem 45 anos e está recolhido no Presídio Regional de Lages. O processo tramita em segredo de justiça.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Trio que assassinou idoso durante roubo é preso em Joinville

Nesta quarta-feira, foram cumpridas as três prisões e quatro mandados de busca nas cidades de Joinville e São Francisco do Sul

Segurança

Criança encontra o corpo de mãe esfaqueado no quarto de casa

O marido da vítima confessou o crime e alegou “distúrbios psíquicos”

Segurança

Ponte quebra e caminhão fica preso na correnteza de rio em SC

A ponte onde houve o acidente era provisória e tinha a estrutura para aguentar apenas seis toneladas

Segurança

Mulher que morreu em acidente em Porto Belo deixa seis filhos

Após sair da pista, o carro capotou e ficou parcialmente submerso

Mais notícias

Geral

Primeiro clube flutuante de SC naufraga na Ilha das Cabras em Balneário Camboriú

Não havia ninguém no local quando a estrutura se desprendeu. A estrutura ficava atracada na margem direita do Rio Camboriú

Cidades

Força-tarefa de Itapema atuou durante toda a madrugada para diminuir estragos do ciclone

Foram registrados em média 150mm de chuva nas últimas 24h e cerca de 26 mil unidades ficaram sem energia elétrica