keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

SC encerra 2021 com 800 novas empresas exportadoras

Análise do Observatório FIESC mostra que houve crescimento de 9% no número de companhias que fizeram embarques para o exterior no ano passado

Divulgação

O ano de 2021 foi de recordes para o comércio exterior catarinense. Foram US$ 10,3 bilhões em exportações e US$ 24,9 bilhões em importações – os maiores valores da série histórica iniciada em 1997. Os números também refletiram o crescimento da inserção de empresas de Santa Catarina no mercado internacional. De acordo com análise do Observatório FIESC, 800 novas companhias fizeram embarques para o exterior em 2021, quando comparado com o ano anterior.

O presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, observa que a internacionalização é um dos pilares estratégicos da entidade. “Temos mobilizado empresas em todo o estado, principalmente pequenas e médias, para buscarem as oportunidades no exterior, seja para exportar ou importar. O empresário encontra na Federação o caminho que precisa para ingressar com segurança nesse ambiente ou ampliar os mercados nos quais atua”, afirma.

Conforme os dados analisados pelo Observatório FIESC, 2.754 empresas fizeram exportações em 2021 em Santa Catarina – o número é 9% superior ao registrado em 2020. Para a presidente da Câmara de Comércio Exterior da Federação, Maria Teresa Bustamante, o trabalho da entidade em promover uma maior diversificação e inserção de novas empresas na pauta exportadora do estado explica os números.

“Desenvolvemos um programa de internacionalização totalmente on-line e promovemos ações de capacitação e participação em rodadas de negociações internacionais que têm permitido inserir a pequena e a média indústria nas exportações e importações”, avalia Maria Teresa, destacando o desempenho do programa International Competitiveness (Intercomp), da FIESC.

Estado teve 1.249 novas empresas importadoras em 2021

Com relação às importações, também houve avanço. Foram 1.249 novas companhias catarinenses que compraram insumos e produtos do exterior. Ao todo, 4.147 empresas em Santa Catarina fizeram operações de importação no ano passado – alta de 17,8% na comparação com 2020.

Para além dos bons resultados, a previsão de Maria Teresa é de continuidade de expansão: “Quando a pandemia foi decretada em 2020, eu sempre apontei que o comércio exterior é inevitavelmente a saída para a continuidade do crescimento da economia, não somente catarinense, mas do Brasil e do mundo. O desempenho do Comércio Exterior catarinense deve se manter em patamar igual ou até mesmo superior neste ano.”

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Economia

SC bate novo recorde no comércio exterior em maio

Os embarques do estado superaram a marca de US$ 1 bilhão, o que representa o maior valor na série histórica para o mês

Economia

Diesel passa dos R$7 em Santa Catarina

O maior preço praticado do combustível foi registrado no Auto Posto Leal, no bairro Universitário, em Biguaçu

Economia

Leite deve chegar a R$7,00 em Santa Catarina nos próximos dias

Apesar do aumento iminente, a expectativa era de que o produto teria uma redução no preço após aprovação na Alesc do Projeto de Lei que manteve o ICMS em 7% até o fim do ano que vem

Economia

Petrobras nomeia Fernando Borges como presidente interino

Mais cedo, José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da empresa e renunciou ao cargo de membro do Conselho de Administração da Petrobras.

Economia

Rendimento dos trabalhadores de SC cai 7,4% no primeiro trimestre de 2022

Dados estão na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do IBGE

Mais notícias

Segurança

Corpo de mulher é encontrado no rio Itajaí-Açu em Blumenau

Cadáver chegou a ser identificado, mas o nome da mulher morta não foi informado.