keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

SC aplicou 290 mil doses da vacina contra a Covid-19 nos grupos prioritários

Os grupos prioritários que estão sendo vacinados neste momento são: os trabalhadores da saúde, os idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, a população indígena e os idosos com mais de 80 anos

X
Divulgação

O balanço parcial de vacinação divulgado nesta sexta-feira, 5, pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina mostra que Santa Catarina aplicou, até o momento, 290.320 doses da vacina contra o novo coronavírus. Deste total, 221.391 correspondem à primeira dose (D1) e 68.929 à segunda (D2), um aumento de 22.186 doses (D1+D2) aplicadas em um comparativo com o boletim anterior, divulgado na quarta, 3 de março. O balanço é elaborado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) com informações fornecidas pelos municípios catarinenses.

Os grupos prioritários que estão sendo vacinados neste momento são: os trabalhadores da saúde, os idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, a população indígena e os idosos com mais de 80 anos.

Saúde recomenda que municípios intensifiquem a vacinação

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES) emitiu nota de alerta aos municípios catarinenses para que eles definam estratégias para acelerar a vacinação contra a Covid-19. O documento solicita que, a partir do recebimento de nova remessa de doses, os municípios deem imediata continuidade à aplicação das vacinas nos grupos prioritários.

“A nossa orientação é para que as doses sejam aplicadas assim que chegarem aos municípios. Caso um município encerre a vacinação nos idosos com 80 ou mais, por exemplo, ele tem autonomia para iniciar a vacinação nos idosos com 79 anos, 78 anos e assim sucessivamente”, explica a gerente de imunização da Dive, Arieli Fialho.

Importante ressaltar que a pessoa só pode ser considerada imunizada após ter tomado duas doses da vacina. Além disso, a imunidade não começa imediatamente após a aplicação da segunda dose. Estudos preliminares indicam que o prazo para que a pessoa possa ser considerada imunizada, após a aplicação da segunda dose, é de 2 a 4 semanas, que é o tempo que o sistema imunológico leva para criar anticorpos neutralizantes que impedem a entrada do vírus nas células.

Por esse motivo, é de extrema importância que todos aqueles que já tomaram as duas doses da vacina continuem seguindo todas as medidas de prevenção, como o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta quatro regiões em estado grave e 12 em nível gravíssimo

No último boletim, divulgado em 03 de abril, apenas a região de Xanxerê encontrava-se no nível grave, as demais estavam em estado gravíssimo

Coronavírus

São José amplia vacinação para 66 anos nesta sexta e 65 anos no sábado

Também será oferecida a segunda dose para os idosos acima de 75 anos que fizeram a primeira dose da vacina Coronavac/Butantan.

Coronavírus

Nova remessa com quase 145 mil doses da vacina contra a COVID-19 chega em SC nesta quinta-feira

Com mais essa remessa, Santa Catarina soma um total de 1.472.740 doses recebidas. Estado distribui 234.750 doses para todos os 295 municípios

Coronavírus

Professoras da rede municipal de ensino morrem no mesmo dia com Covid-19 em SC

Vítimas tinham 41 e 57 anos e tiveram complicações causadas pelo coronavírus

Mais notícias

Segurança

Homem é morto com pedradas na cabeça em Santa Catarina

Apesar das buscas, o suspeito do crime não foi encontrado

Segurança

Corpo é encontrado pelos bombeiros no rio Itajaí-Açu

O corpo aparenta ser de um homem adulto e estava boiando no rio