keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

São José propõe retomar a discussão sobre transporte coletivo integrado da Grande Florianópolis

Empresas que operam na região participaram de encontro com vereadores do município

X

A posição do Estado, externada ao coronel Vânio Dalmarco, Secretário Municipal de Segurança Defesa Social e Trânsito de São José, de não levar adiante a construção do um Sistema Integrado de Transporte Metropolitano, não foi suficiente para fazer com que os municípios da região desistissem de implementar a mudança e melhorar a vida das milhares de pessoas que dependem do transporte público todos os dias. A Câmara de São José está disposta a puxar a retomada do debate para a melhoria do sistema, segundo garantiu nesta terça-feira (8) a presidente da Casa, vereadora Méri Hang, depois de mais um encontro do programa Roda de Conversa com os Vereadores. Participaram representantes das empresas de ônibus e do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano da Grande Florianópolis (Setuf), além do secretário e boa parte dos vereadores.

A Câmara de São José foi a única da Grande Florianópolis a aceitar, ainda em 2019, que o Estado coordenasse a implantação do sistema integrado com a fixação de um prazo para a mudança, que termina em 31 de dezembro deste ano. “Até lá, como sabemos que o Estado declinou do projeto, segundo nos informou o secretário, temos condições de construir uma proposta coletiva, com a participação dos demais municípios e das empresas, garantindo a melhoria do serviço prestado à população”, disse a presidente Méri Hang. Ela quer promover uma reunião ampliada, com a participação de vereadores, prefeitos, secretários e lideranças dos demais municípios da Grande Florianópolis, ainda no mês de junho, para acelerar a discussão do tema. “As empresas já possuem uma proposta, vamos conhecê-la mais a fundo e buscar um modelo que atenda ao anseio da população”, complementou.

No encontro desta terça-feira, embora tenham se manifestado dispostas a investir em um novo modelo de integração, as empresas também admitiram que foram duramente prejudicadas pela pandemia. Segundo o diretor da Viação Estrela e do Setuf, Gildo Formento, atualmente o setor está começando a se recuperar. Tanto que os congestionamentos já voltaram a atrapalhar o fluxo das linhas. Mas o prejuízo ainda ronda o setor. “Somente agora, estamos operando com 75% da capacidade. Mas desde fomos autorizados a voltar, estamos bancando 100% dos custos”, comentou.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Tragédia: Cadeirante não consegue sair de casa e morre carbonizado em SC

Durante o processo de rescaldo do incêndio, o corpo da vítima foi localizado totalmente carbonizado

Geral

Atenção motoristas: Trecho da BR-470 em SC será interditado totalmente neste domingo

Bloqueio da pista está programado para às 5h, com reabertura estimada às 15h

Geral

Havan é três vezes premiada como marca mais lembrada pelos catarinenses em 2021

É a 13ª vez que a reade varejista é finalista do Top Of Mind em Santa Catarina

Geral

Relatório do IMA aponta que 78,8% dos pontos analisados no Litoral estão próprios para banho

De novembro a março, considerado alta temporada, os resultados das amostras são divulgados toda semana

Geral

Paulinha homenageia Hospitais filantrópicos em sessão especial da Alesc

Paulinha afirmou que a homenagem foi a forma encontrada para trazer luz ao trabalho edificado pelas mãos dos profissionais e dirigentes das unidades de saúde

Mais notícias

Coronavírus

Matriz de Avaliação de Risco Covid-19 aponta 13 regiões no nível moderado

Houve melhora nos indicadores das regiões Alto Vale do Itajaí, Nordeste e Oeste

Segurança

Mãe que abandonou bebê em geladeira é presa pela Polícia Militar

Suposta mãe da criança entregou um embrulho para vizinha, há um ano atrás, dizendo que era um pedaço de carne

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup