keyboard_backspace

Página Inicial

Cultura e Lazer

Santa Catarina libera retomada gradual de cinemas, teatros e bibliotecas

O Governo do Estado publicou novas portarias que estabelecem regramentos sanitários para ambientes culturais em Santa Catarina, como cinemas, teatros e bibliotecas. As portarias 737 e 738 autorizam a retomada gradual de espaços de cultura, […]

X
Julio Cavalheiro / Secom

O Governo do Estado publicou novas portarias que estabelecem regramentos sanitários para ambientes culturais em Santa Catarina, como cinemas, teatros e bibliotecas. As portarias 737 e 738 autorizam a retomada gradual de espaços de cultura, de acordo com a Avaliação de Risco Potencial de cada região.

A portaria 737 estabelece que cinemas e teatros terão o acesso controlado, públicos ou privados, e que todos os envolvidos participantes, trabalhadores e organizadores são obrigados a usar máscaras durante o período de permanência nos estabelecimentos. Igualmente, a portaria determina distanciamento de 1,5m entre as pessoas, a aferição de temperatura corporal e higienização de todos os ambientes.

Os cinemas e teatros em regiões com Risco Potencial Moderado (representado pela cor azul na Avaliação de Risco Potencial) precisam, ainda, providenciar bloqueio de duas poltronas laterais de cada lado das poltronas ocupadas ou distanciamento de 1,5m. No caso de poltronas em salas VIPs, o bloqueio deverá ser de uma poltrona para cada lado, além de priorizar a ocupação de lugares desencontrados. A entrada dos espectadores deverão respeitar a ordem de fila e de lugar, iniciando no sentido do lugar mais afastado da entrada.

Em caso de Região de Risco Potencial Alto (cor amarela), o funcionamento dos estabelecimentos fica condicionado em até 50% da capacidade de lotação.

Fica proibido o funcionamento de cinemas e teatros nas localidades com Risco Potencial Grave (laranja) ou Gravíssimo (vermelha).

Na portaria que cria regramentos para as bibliotecas, o funcionamento também é controlado e fica condicionada ao cumprimento das medidas estipuladas. As bibliotecas nas regiões de Saúde com Risco Moderado (cor azul) devem eliminar pontos de concentração, organizar a disposição dos locais de trabalho, diminuir mesas e cadeiras, encaminhar materiais recebidos/devolvidos à quarentena e fica proibido o acesso direto ao acervo pelo usuário – sendo necessária a solicitação aos trabalhadores da biblioteca. Nas regiões com Risco Alto (cor amarela), o funcionamento dos estabelecimentos fica condicionado em 1/3 da capacidade de lotação, incluindo trabalhadores. Igual aos cinemas e teatros, as bibliotecas ficam proibidas de funcionar em regiões com Risco Potencial Grave (cor laranja) ou Gravíssimo (cor vermelha).

Fonte: Visor Notícias

Cultura e Lazer

Funkeiro Kevinho vai pagar mais de R$ 100 mil de IPVA

Kevinho vai ter um grande gasto no começo do ano. Em conversa com seus seguidores na rede social, o cantor disse que irá pagar quase R$ 100 mil do IPVA de seu carro. “É verdade que […]

Cultura e Lazer

VÍDEO: Cantor de ‘Caneta Azul’ lança ‘Vamos Vacinar’ e viraliza na internet

Música 'Vamos Vacinar' já foi compartilhada por diversos famosos e será mais um hit do cantor

Cultura e Lazer

Xuxa anuncia saída da Record e revela que deixará o Brasil

Xuxa disse ainda que sentirá saudades da emissora

Cultura e Lazer

Itapema recebe espetáculo de violino a bordo de caminhão

A cidade receberá o Show na Rua com o Violinista Simão Wolf

Cultura e Lazer

Liga Carnavalesca de BC cancela atividades no carnaval 2021

Segundo a Liga, o cancelamento ocorre devido a situação atual da pandemia do novo coronavírus e em respeito às vidas perdidas nos últimos meses

Mais notícias