keyboard_backspace

Página Inicial

Esportes

Santa Catarina encerra Jogos Escolares com 47 medalhas

Com o fim dos Jogos Escolares da Juventude, em Brasília, Santa Catarina tem mais uma vez motivos para comemorar. Com sete de oito medalhas possíveis nas modalidades coletivas, o #TimeSC encerrou sua participação na capital federal com 47 medalhas: 11 de ouro, 22 de prata e 14 de bronze. A campanha de 2017 é ainda melhor que a do ano passado, quando os atletas de 15 a 17 anos também haviam conquistado 47 medalhas, mas três a menos de ouro e duas a menos de prata.

Sucesso nas coletivas

No último sábado, 25, foram disputadas as finais das modalidades coletivas: vôlei, basquete, handebol e futsal. No último dia de jogos, muita emoção para as equipes catarinenses, afinal, foram quatro finais e quatro disputas pela medalha de bronze. Porém, foi mais um dia de emoções para as oito equipes catarinenses. Logo pela manhã, comemoração das meninas. O futsal feminino, do Colégio Lourdes Lago, de Chapecó, e o vôlei feminino, do Colégio Amplo, de Brusque, garantiram os dois ouros do dia. 

Ao longo do dia, as demais medalhas foram conhecidas. Os atletas do futsal masculino, do colégio Dehon, de Tubarão, até começaram bem a final, mas foram superados por 6 a 1 pelo time do Colégio Hermon, de Pernambuco e ficaram com a prata.

Confira os resultados do último dia de competições nos Jogos Escolares

OURO – futsal feminino 

EEB Lourdes Lago (Chapecó) SC 3 x 0 SP – Colégio Alvorada 

OURO – vôlei feminino 

Colégio Amplo (Brusque) SC 3 x 0 MG – Escola Estadual Deputado Domin

PRATA – basquete feminino 

Colégio La Salle Peperi (São Miguel do Oeste) SC 52 X 66 SP – Colégio Amorim 

PRATA – futsal masculino 

Colégio Dehon (Tubarão) SC 1 x 6 PE – Colégio Hermon

BRONZE – handebol masculino *segunda divisão

Colégio Industrial (Lages) SC 26 x 18 DF – Colégio Marista

BRONZE – basquete masculino *segunda divisão

IEE (Florianópolis) SC 86 X 47 AL – Colégio Marista 

BRONZE – vôlei masculino *segunda divisão

Colégio Amplo (Brusque) SC 2 X 0 PE – Colégio Boa Viagem

4º LUGAR – handebol feminino

EEB Claudino Crestani (Palma Sola) SC 18 x 29 ES – Colégio Castro Alves

Sucesso nas individuais 

A maior parte das medalhas veio nos primeiros dias de competição, com os 100 atletas das modalidades individuais: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez. No tênis de mesa o time catarinense foi composto por Ranifer Almeira Meurer (EEB Paulo Zimmermann – Rio do Sul), Sabrina Mizva (CESC – Canoinhas), Enzo Nakashima (Colégio José Elias Moreira – Joinville) e Henrique Hau França (EEM Roberto Grant – São Bento do Sul). Juntos, os quatro atletas somaram 10 medalhas nas 10 competições possíveis. 

Outras modalidades que se destacaram foram a natação e o atletismo. SC levou 11 medalhas nas pistas e 10 medalhas nas piscinas. No atletismo, a jovem Micaela Rosa de Mello, da escola Irmã Teresa, de Palhoça, conquistou duas medalhas: uma de prata nos 400m e uma de ouro nos 100m com barreiras. Nessa última prova, Micaela quebrou o recorde da competição na semifinal, com o tempo de 13.80s. 

Os Jej são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e tem a participação de mais de 4 mil atletas. A delegação catarinense foi gerenciada pelo Governo Estadual por meio da Fesporte e composta ao todo por 163 jovens competidores de 71 escolas de 33 municípios.

Esportes

Pelé faz 80 anos e recebe homenagem da Fifa

Atacante foi três vezes campeão mundial pela Seleção: 58, 62 e 70

Esportes

Tite convoca seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo, em novembro

Vinicius Junior, Arthur e Éder Militão voltam a compor o elenco

Esportes

Itajaí construirá barco para correr a regata Ocean Race

A empresa SC Brasil Esporte Náutico inscreveu um veleiro brasileiro na competição, considerada a Formula 1 dos mares

Esportes

Pandemia impacta desempenho dos times favoritos nas ligas da Europa

Liverpool e Real Madrid estão atrás de Everton e Real Sociedad

Esportes

Premiê do Japão promete fazer tudo para realizar Jogos de Tóquio 2021

Yoshihide Suga revelou trabalho intenso com COI e organizadores locais

Mais notícias