keyboard_backspace

Página Inicial

Mundo

Rússia invade segunda maior cidade da Ucrânia; Presidente rejeita negociar rendição

Russos estão tomando cidades e poderão "fechar" uma linha cruzando o país, espremendo forças ucranianas

AGência Brasil/ REUTERS/Maksim Levin

A segunda maior cidade da Ucrânia, Kharkiv, foi invadida pelos militares russos neste domingo (27). No local, exército russo e ucraniano travaram uma batalha intensa. Em Kiev, a pressão continua com bombardeios, mas não há sinais de uma ofensiva total contra o centro da capital.

Já na noite de sábado houve movimento grande de blindados, tanques e obuseiros autotransportados pela fronteira na região de Belgorod, prenunciando um cerco e invasão. Um gasoduto na região foi explodido, mas não há ainda uma avaliação do impacto do ataque.

“Estamos resistindo ao inimigo”, disse a conta de Facebook da prefeitura local. Se Kharkiv e seus 1,4 milhão de habitantes estiverem em mãos russas, isso pode facilitar o reforço das operações em Kiev, a oeste, e cortará uma linha importante entre as forças ucranianas que operam nas antigas fronteiras da chamada linha de contato, que a separava dos rebeldes do Donbass.

Ao mesmo tempo, os russos tomaram cidades nos arredores de Kherson, cidade cerca de 500 km ao sul de Kharkiv. Se a conquistarem, poderão “fechar” uma linha cruzando o país, espremendo forças ucranianas entre ela e o Donbass.​

Nas áreas separatistas, os ucranianos mantêm sua campanha de bombardeios. Nesta noite, atingiram outro depósito de combustível, na cidade de Rovenki. A TV russa também mostrou imagem de vários danos em áreas residenciais da localidade, embora não haja notícia de vítimas.

Na capital, a madrugada foi de ataques em torno da cidade. Um grande depósito de petróleo de uma base aérea de Vasilkiv, a sudeste de Kiev, foi atingindo, pintando o céu noturno de laranja à distância.

Presidente da Ucrânia rejeita negociar rendição

O quarto dia da campanha de Vladimir Putin contra a Ucrânia também registra uma movimentação diplomática, após o Ocidente ter elevado o grau de punição a Moscou ao anunciar o início da desconexão de alguns bancos russos do sistema internacional de transferências financeiras. No fim da manhã (madrugada no Brasil), o Kremlin anunciou que uma delegação havia sido enviada para Gomel, cidade na Belarus a 40 km da fronteira ucraniana.

“Estaremos prontos para começar negociações’, disse o porta-voz de Putin, Dmitri Peskov.

Por enquanto, o governo de Volodimir Zelenski rejeita a iniciativa, presumivelmente porque o que Moscou quer é uma rendição. Em um pronunciamento, o presidente disse que seria possível conversar em Belarus se os russos não tivessem usado a ditadura aliada como uma das bases para seu ataque – justamente contra Kiev, a menos de 200 km da fronteira sul belarussa.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Mundo

Homem fica com as pernas presas para fora de elevador

Segundo informações divulgadas pelo Malaysia Gazette, o acidente está sendo investigado

Mundo

Suprema Corte dos EUA aumenta acesso a porte de armas e derruba lei estadual

Direito estabelecido pela segunda emenda poderá reverberar nos estados

Mundo

Idoso solitário pede pizza para que entregador o ajude a se deitar

Ao longo do vídeo, o idoso parece dar as instruções ao entregador sobre como ajudá-lo o máximo possível até chegar à cama

Mundo

Mãe descobre que filho praticava bullying com colega e obriga jovem a se desculpa

Samm Jane ficou “furiosa” depois que professores ligaram para ela, dizendo que seu filho estava enviando mensagens cruéis para uma colega

Mundo

Em ranking dos dez melhores parques do mundo, três são brasileiros

O levantamento Travelers' Choice 2022 – Best of the Best mostrou que o Beto Carrero World está no terceiro lugar da lista

Mais notícias

Cidades

Termina greve dos servidores de Florianópolis, após mais de uma semana

Trabalhadores voltam aos postos imediatamente. Greve começou em 15 de junho.

Segurança

Empresário de Jurerê suspeito de dopar e estuprar mulher tem prisão mantida pela Justiça

Audiência de custódia ocorreu na tarde desta sexta-feira. Estupro aconteceu em 2019, segundo MPSC.