keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Risco de ressaca e alagamentos no Litoral de SC

No domingo (20/08) e na segunda-feira (21/08), as condições para navegação de pequenas e médias embarcações, e atividades de pesca ficam desfavoráveis no Litoral de SC, devido ao vento do quadrante sul moderado a forte, com rajadas 50 a 80 km/h

X

No domingo (20/08) e na segunda-feira (21/08), as condições para navegação de pequenas e médias embarcações, e atividades de pesca ficam desfavoráveis no Litoral de SC, devido ao vento do quadrante sul moderado a forte, com rajadas 50 a 80 km/h, e ondas altas de 3,0 a 4,0 m, especialmente no Litoral Sul e Grande Florianópolis. Risco de ressaca na tarde e noite domingo.

Essa condição associada à maré astronômica de sizígia (Lua Nova) pode ocasionar alagamentos nas áreas mais baixas da costa catarinense, tais como: Rod. Diomício Freitas, Centro de Eventos – CentroSul, praias do Sul da Ilha de Santa Catarina, Avenida Atlântica de Balneário Camboriú, Barra Velha, Araranguá, Laguna, Itajaí, Joinville, Tijucas dentre outros. 

Geral

Deputada Paulinha participa do dia histórico que deflagrou o inicio da campanha de imunização contra o Covid-19 em Santa Catarina

Hoje, 18 de janeiro, é um dia histórico para Santa Catarina e foi testemunhado de perto pela deputada Paulinha, que fez questão de comparecer no Instituto de Cardiologia, anexo ao Hospital Regional de São José, […]

Geral

Terremoto é registrado perto da fronteira da Argentina com o Chile

Algumas áreas ficaram sem eletricidade. As autoridades não anunciaram, até o momento, se houve mortos e feridos.

Geral

Balcão de empregos de Itajaí tem mais de 800 vagas abertas

Entre as vagas disponíveis é possível encontrar desde Recepcionista até Pizzaiolo

Geral

Sicredi inaugura nova agência em Balneário Camboriú

Com foco na expansão e proximidade com a população local, a Sicredi Vale Litoral SC inaugura duas agências na região litorânea nesse mês

Geral

Porto Belo proíbe estacionamento de ônibus e caminhões em vias públicas

A decisão foi tomada após avaliação dos riscos que os caminhões e ônibus causam no trânsito quando estacionados

Mais notícias