keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Réplica de arma e munições são encontradas na casa de jovem que ameaçou fazer massacre em escola de Itajaí

Familiares alegaram que tudo não passava de uma “brincadeira”

A Polícia Civil apreendeu na residência do jovem de 18 anos, responsável por ameaçar que realizaria um atentado no Colégio de Aplicação da Univali, em Itajaí, máscaras, balaclava réplica de uma, arma e munições de airsoft. O cumprimento do mandado de busca e apreensão aconteceu nesta sexta-feira (25), onde o jovem mora com a família, no bairro Pioneiros, em Balneário Camboriú.

De acordo com a delegada Vivan Mattos, da DPCami, os itens apreendidos aparecem nas fotos e vídeos que circularam grupos de pais e alunos e movimentaram a polícia. Celulares e computadores encontrados pela polícia na casa da família vão passar por perícias para descobrir se o jovem realmente planejava um atentado.

Atualmente, segundo a delegada, o jovem só pode responder por ameaça se for comprovado que ela tenha ameaçado algum aluno, e ele precisa ser denunciado. A Polícia Militar monitorou o adolescente e, através da coordenação da universidade, acionou a família do jovem. Os familiares alegaram que tudo não passava de uma “brincadeira” e que as armas fotografadas eram de airsoft.

Mesmo assim, policiais monitoram a universidade desde a manhã desta quinta (24) e um boletim de ocorrência foi registrado. A Univali emitiu um comunicado esclarecendo a situação. A instituição confirmou que o adolescente foi expulso e não deve mais frequentar o CAU. A delegada ainda pede cautela no compartilhamento de fotos ou vídeos e nos comentários a respeito do jovem. Ela afirma que fotos de munições de fuzis que circulam em grupos são falsas.

Leia a nota completa da Univali:

“Ainda na noite desta quarta-feira, 23/02, a Univali tomou conhecimento, via redes sociais, de supostas ameaças de um aluno do Colégio de Aplicação da Univali (CAU).

Diante do fato, a Instituição informa que, no regular exercício de sua autonomia e em estrita conformidade com as normas legais e regimentais, prontamente agiu adotando todas as medidas internas e perante as autoridades competentes com vistas a resolver definitivamente a situação.

De modo tranquilizar a comunidade acadêmica e suas famílias, informamos que o referido aluno, já a partir de hoje, 24/02 (inclusive), não retornou nem retornará mais às aulas no Colégio. 

A Univali e a Direção do Colégio de Aplicação garantem a plena continuidade do ano letivo e a integridade física de seus(suas) alunos(as). Para tanto, inclusive no dia de hoje, 24/02, mantém normalmente todas as suas atividades administrativas e acadêmicas.

Por fim, a Univali informa que possui serviço de segurança terceirizada e um corpo técnico e docente preparados para atender aos pais e responsáveis em caso de dúvidas, garantindo a plena tranquilidade e normalidade das atividades estudantis. 

Fundação Universidade do Vale do Itajaí

Universidade do Vale do Itajaí

Fonte: ND+

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM

Segurança

Polícia Civil prende homem que estava foragido por tráfico de drogas em Tubarão

O homem foi preso ainda em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo

Segurança

Adolescente ameaça cometer atentado em escola de SC

O jovem é diagnosticado com transtorno mental e foi identificado e medicado

Mais notícias

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM