keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Região com previsão de neve vai intensificar fiscalização para evitar aglomeração

Municípios da Serra, onde há previsão de neve no final de semana, vão intensificar as fiscalizações para evitar aglomeração na região. Além disso, a Santur (Agência de Desenvolvimento Turismo de Santa Catarina), deve manter o bloqueio sanitário nas cidades. Uma reunião marcada para a tarde desta terça-feira (18) deve definir detalhes da ação. O encontro virtual ocorre às 16h e terá a presença dos prefeitos de São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urupema e Urubici. A Defesa Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros também são esperados.  Leandro Ferrari, presidente da Santur, afirma que a ideia é intensificar o cordão de isolamento que ocorre na entrada de Bom Jardim da Serra. Além disso, o órgão vai oferecer aos municípios a implementação de barreira em outros pontos. “A gente sabe que na possibilidade de neve os turistas vão querer circular por lá e a gente precisa de segurança”, segundo informou ao ND+.

O espaço que já existe no mirante na Serra do Rio do Rastro restringiu sua capacidade para 50%. O local tem vaga para cerca de 200 veículos, mas desde início da estação aceita apenas a metade. A barreira sanitária também serve para que os agentes repassem orientações sobre as normas de segurança para evitar a propagação do vírus. Em Urupema, cidade considerada mais fria do Brasil, todos os pontos turísticos estão fechados e a entrada da cidade está aberta somente na SC-112. Quem vem de Lages e Rio Rufino precisa aferir a temperatura na barreira sanitária. Em São Joaquim, a prefeitura também tem planos para evitar aglomerações. Apesar de todos os acessos ao município estarem abertos, o município se reúne nesta terça para definir normas para aferição de temperatura dos turistas, monitoramento de ocupação e atendimento aos visitantes.

Nos demais municípios, a orientação do governo é intensificar a fiscalização nos locais públicos e “evitar aglomeração”, segundo Ferrari. Eventos públicos e privados que reúnam como festas e shows estão proibidos no território catarinense.  Apesar de o frio aquecer o turismo, em tempos de coronavírus o governo do Estado quer evitar a circulação de pessoas. Segundo Ferrari, a orientação é para ficar em casa e somente sair quando houver extrema necessidade. O Estado registrou até segunda-feira (17) 121 mil casos e mais de 1,8 mortos por casa da Covid-19.

Geral

Sancionada lei que regula pagamento de auxílio a quem teve redução de salário

Também ficou estabelecido prazo de dez dias para Caixa e Banco do Brasil fazerem os depósitos

Geral

Incêndios no Pantanal: comissão visita Mato Grosso neste sábado

Comissão vai analisar em 90 dias ações que foram feitas no Pantanal

Brasil, Geral

Projeto prevê parcelamento de dívidas trabalhistas em até 60 meses

Texto especifica que cada uma das parcelas deve ter o valor mínimo de um salário mínimo

Geral

Tijucas terá que disponibilizar caminhões-pipa para moradores se caso faltar água na cidade

Liminar busca resolver definitivamente problema crônico no município

Mais notícias