keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Recuperação da faixa de areia de BC alargou 350 metros de praia até sexta-feira

A previsão para término desta obra de preenchimento é novembro deste ano.

X
Foto: Prefeitura de BC

A obra de recuperação da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú, iniciada no último domingo (22), segue em bom ritmo. Até esta sexta-feira (27), a obra já alargou 350 metros de praia. A recuperação da faixa de areia começou na altura da Rua 3.700 e já chegou próximo a Rua 4.000. O avanço médio até aqui, é de 70 metros de praia por dia e a quantidade de areia já trazida à praia até esta sexta é de aproximadamente 200 mil metros cúbicos.

A obra de recuperação da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú é desejada há décadas pela cidade e aumentará a orla, dos atuais 25 metros, em média, para 70 metros. A areia nova começou a chegar na praia vinda da draga Galileo Galilei, um moderno e gigantesco navio com capacidade de carga de 18 mil metros cúbicos por viagem, operado por uma tripulação especializada de 28 homens a bordo. Apesar da capacidade de 18 mil metros cúbicos de areia em sua cisterna, nesta obra de Balneário Camboriú cada viagem trará de 10 a 12 mil metros cúbicos. A redução no volume de areia por viagem se faz necessária pela pouca profundidade da enseada.

Na praia, homens e máquinas fazem o trabalho de espalhar a areia nova, que, no primeiro momento será escura, mas a medida que vai secando terá tonalidade natural. A recuperação da orla está sendo feita neste primeiro momento em direção à Barra Sul. Quando completar este lado, toda tubulação utilizada na praia será removida e começará o preenchimento em direção ao Centro até a altura da Rua 2200.

Quando o preenchimento chegar na altura da Rua 2200, a tubulação que traz a areia da draga até a praia será flutuada e removida a ponta que fica em terra até o trecho de praia diante da Rua 2200, começando em seguida a dragagem daquele ponto em direção ao Pontal Norte, até completar o preenchimento de toda praia.

Essa remoção da ponta da tubulação principal da 3700 até a 2200 é necessária para que o material que vem impulsionado da draga chegue mais rápida e facilmente até o Pontal Norte.

A previsão para término desta obra de preenchimento é novembro deste ano.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Um a cada cinco presos de SC não tem condenação

Dados da SAP apontam que o Estado tem 4,6 mil pessoas presas de forma provisória

Geral

Movimento “OAB Com Sua Cara” é lançado na Capital

Grupo defende a renovação dos quadros e uma Ordem com maior participação de jovens e mulheres

Geral

“Queda de avião” mobiliza bombeiros em SC e socorristas ficam surpresos quando chegam na ocorrência

Os moradores da região avistaram um objeto metálico e acionaram os bombeiros

Geral

BR-282 ganha espaço em meio à liberação de recursos para rodovias federais

A Assembleia Legislativa de SC (Alesc) formalizou nesta semana a criação da Frente Parlamentar Pró-Duplicação da BR-282. A iniciativa é do deputado Valdir Cobalchini (MDB) e ocorreu após uma série de acidentes com óbitos na […]

Geral

Transtorno e prejuízos financeiros na clonagem de WhatsApp

Dificilmente você encontrará uma pessoa que não use o celular nos dias de hoje. Junto a ele o WhatsApp, a rede de mensagens instantâneas mais popular do Brasil e que, segundo uma estimativa superficial realizada pelas […]

Mais notícias

Segurança

Polícia encontra 1,1 mil quilos de maconha dentro de camionete em SC

A camionete havia sido roubada em Cascavel, no Paraná, e estava com placas clonadas

Segurança

Corpo de recém-nascido é encontrado em terreno baldio

Ainda não há confirmação de quem é a vítima e o que aconteceu