keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Reajuste tem efeito médio de 7,85% na tarifa de energia

Para os consumidores residenciais atendidos em Baixa Tensão, o chamado Grupo B, que representa 79% dos consumidores da Empresa, o efeito médio percebido da Revisão será de 7,90%.

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL anunciou nesta segunda-feira o resultado do Reajuste Tarifário Anual da Celesc Distribuição apresentando as novas tarifas de energia elétrica para cada classe de consumidores. O Efeito Tarifário Médio, em vigor a partir de 22 de agosto, será de 7,85%.

Para os consumidores residenciais atendidos em Baixa Tensão, o chamado Grupo B, que representa 79% dos consumidores da Empresa, o efeito médio percebido da Revisão será de 7,90%.

Para os consumidores atendidos em Alta Tensão, como indústrias e unidades comerciais de grande porte como Shopping Centers, o chamado Grupo A, o efeito médio será de 7,77%. Veja abaixo o resumo no quadro:

Composição do Efeito Médio – O item que mais impactou no cálculo do reajuste tarifário foi a elevação do custo da despesa com transmissão de energia, que sofreu reajuste de 126,6% no período, e representa 6,61 p.p. no total. Os valores referentes à parcela B (Custo de Distribuição), que Celesc recebe via tarifa para investimentos e custeio das atividades de operação e manutenção do sistema elétrico correspondem a 0,13 p.p. No gráfico a seguir é possível verificar o impacto de cada um dos componentes:

Sobre a composição da tarifa de energia elétrica, é importante destacar, ainda, que, do faturado pela Celesc, apenas 14,7% correspondem a recursos geridos pela Empresa. O restante (não gerenciável) é destinado para pagamento de encargos setoriais, transmissão, tributos e compra de energia:

Reajuste X Inflação: No período de 2009 a 2017 (últimos 9 anos), o percentual da variação da tarifa residencial foi de 54% contra uma inflação de 59% para o IGP-M e 62% para o IPCA, indicador utilizado para a atualização dos custos operacionais da Distribuidora:

 Saiba Mais

Reajuste Tarifário Anual é um dos mecanismos de atualização do valor da energia paga pelo consumidor de acordo com fórmula prevista no contrato de concessão. O seu objetivo é restabelecer o equilíbrio econômico-financeiro da concessionária.

Para aplicação da fórmula de reajuste são repassadas as variações dos custos de Parcela A, que são aqueles em que a distribuidora tem pouca ou nenhuma gestão. Por contrato, são os custos relacionados à:

1.- Compra de energia elétrica para atendimento de seu mercado;
2.- Valor da transmissão dessa energia até a área da distribuidora;
3.- Encargos setoriais.
No reajuste, os custos com a atividade de distribuição, que são aqueles geridos pela distribuidora e definidos como Parcela B, são corrigidos pelo índice de inflação constante no contrato de concessão (IPCA), deduzido o Fator X. Os itens de Parcela Bsão:

1.- Os custos operacionais das distribuidoras;
2.- Os custos relacionados aos investimentos por ela realizados para a melhoria da qualidade;
3.- Quota de depreciação de seus ativos (investimento necessário na sua rede de distribuição para a manutenção do serviço de distribuição);
4.- Remuneração regulatória.
Estes valores que são fixados pela ANEEL na época da revisão tarifária e são revistos a cada cinco anos. O objetivo do Fator X é avaliar os ganhos de produtividade da atividade de distribuição e capturá-los em favor da modicidade tarifária em cada reajuste.

Fonte: Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. 

Geral

Filha descobre que corpo de pai foi trocado por funerária em Itajaí

A mulher contou que estava velando o pai, quando percebeu que o caixão estava diferente do que ela havia escolhido

Geral

Homem mora em cemitério de Santa Catarina

Vaquinha tenta arrecadar R$ 50 mil para ajudar homem a construir uma casa

Geral

Gêmeas que fizeram cirurgia para mudar de sexo em SC recebem alta

Caso das gêmeas ganhou destaque na imprensa internacional

Geral

Vaca cai em tubulação e bombeiros usam trator para resgatar o animal

Vaca caiu na tubulação de aproximadamente dois metros

Geral

Explosão atinge centro de testes de covid-19 na Holanda

Outro local de exames foi incendiado em janeiro durante vários dias de tumultos provocados pela adoção de um toque de recolher noturno

Mais notícias

Utilidade Pública

Investimento em atendimento reduz tempo de espera na Águas de Camboriú

Enquanto na virada do ano 2019/2020, a concessionária registrava espera de quase 6 minutos, este tempo reduziu para 2 minutos e meio nos dias mais movimentados da última temporada

Geral

Filha descobre que corpo de pai foi trocado por funerária em Itajaí

A mulher contou que estava velando o pai, quando percebeu que o caixão estava diferente do que ela havia escolhido