keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Raro gamba albino é resgatado em Porto Belo

O Gambá albino está sendo acompanhado pelo biólogo e pela Veterinária do GOR

X
Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (23) o Grupo de Operações e Resgates (GOR) realizou o resgate de um Gambá de orelha branca albino (Didelphis albiventris). O animal foi encontrado no bairro Perequê, em Porto Belo.

O biólogo do GOR, Carlos Rocha, que resgatou e avaliou o animal, explica que animais silvestres albinas são extremamente raros.

De acordo com a moradora que acionou o GOR, o animal teria sido avistado em outras ocasiões, mas confundido com gato doméstico devido sua pelagem.

O Gambá albino está sendo acompanhado pelo biólogo e pela Veterinária do GOR.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”

Segurança

Bebê de 7 meses é baleada no peito durante assalto em SC

Criança estava no colo do pai quando assalto aconteceu

Segurança

Júri popular de homem acusado de matar mulher de Itapema em SP é adiado

Família de Itapema viajou para São Paulo para acompanhar o julgamento, mas receberam a informação que o júri foi adiado

Segurança

Filho da cantora Walkyria é encontrado morto após fazer brincadeira no TikTok com amigo

Comentários no TikTok fizeram o adolescente tirar a própria vida

Mais notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”