keyboard_backspace

Página Inicial

Saúde

Quatro casos de hepatite misteriosa são investigados pelo Ministério da Saúde em SC

Até o momento, foram notificados 107 casos da hepatite misteriosa em 17 Estados brasileiros

Foto: Divulgação

Quatro casos suspeitos de hepatite misteriosa são investigados em Santa Catarina pelo Ministério da Saúde. Até o momento, o Estado já tem notificações de seis casos. Porém, dois já foram descartados. Os dados constam em boletim do Ministério da Saúde publicado na segunda-feira (6). Há um caso provável da doença no Mato Grosso do Sul e um caso suspeito em Minas Gerais.

Até o momento, foram notificados 107 casos da hepatite misteriosa em 17 Estados brasileiros. Destes, 69 estão em investigação, além do caso provável e do caso suspeito. Foram descartados 36 casos. Cinco mortes foram registradas no Estados do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Maranhão e Rio de Janeiro.

São Paulo é o Estado com o maior número de casos em investigação: 16. Na sequência, vem Minas Gerais (11) e Ceará (9). No Sul, cinco casos são investigados no Rio Grande do Sul e dois, no Paraná. O Ministério da Saúde não deu detalhes sobre os pacientes em Santa Catarina. No mundo, 650 casos são considerados prováveis e 99 estão em investigação espalhados por 33 países. Foram contabilizadas nove mortes em decorrência da doença na Irlanda, Indonésia, México, Palestina e Estados Unidos.

Em meados de maio, o Ministério da Saúde criou uma sala de observação para monitorar os casos de hepatite aguda infantil, que ainda tem origem misteriosa. De acordo com a pasta, a proposta é investigar os casos da hepatite notificados em todo o país, além de fazer um levantamento de evidências para identificação de possíveis causas para a doença.

O que é a hepatite

A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ter diversas causas, que geralmente vão desde infecções virais até consumo excessivo de álcool, alguns medicamentos e substâncias tóxicas. Os principais vírus que causam hepatite são A, B, C, D e E. Há ainda as hepatites autoimunes, que são doenças crônicas em que o próprio sistema imunológico do indivíduo ataca as células do fígado, causando inflamação e alteração da função do órgão.

A característica principal e comum a todos os pacientes da hepatite misteriosa é que não apresentam infecção por nenhum dos cinco vírus causadores de hepatite nem tiveram exposição em comum a algum agente tóxico capaz de desencadear a doença. Os principais sintomas registrados em hospitais do mundo são icterícia (pele e parte branca dos olhos amareladas) e manifestações gastrointestinais, como dor abdominal, vômito, diarreia e náusea.

O ECDC (Centro Europeu de Controle de Doenças) recomenda o reforço de boas práticas gerais de higiene das mãos e limpeza e desinfecção de superfícies. A Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) sugere medidas que protejam da infecção pelo adenovírus como o uso de máscara. O mais indicado é que pais observem os sintomas da doença e, ao suspeitarem de hepatite, procurem um serviço de saúde. A relação da hepatite misteriosa com as vacinas contra Covid-19 foi descartada.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Saúde

São José retoma a vacinação contra a Covid-19

São José possui 86% da população vacinada com a segunda dose e 44% com o primeiro reforço

Saúde

Em Joinville, governador anuncia abertura de novos leitos de UTI e meta para dobrar cirurgias eletivas

Governador também anunciou que o Estado dobrará o número de cirurgias eletiva

Saúde

Morador de Itajaí morre vítima da dengue

Boletim Epidemiológico confirma ainda 211 casos da doença em 2022, uma redução de 40% em relação ao ano passado

Saúde

Governo abre 47 leitos em 15 dias em Santa Catarina

Além disso, a SES está pactuando junto à rede privada a ampliação dos leitos de UTI

Saúde

Balneário Camboriú promove “Arraiá da Vacina” neste sábado

Secretaria de Saúde do município promove o "Arraiá da Vacina" - evento temático de incentivo a imunização

Mais notícias

Segurança

Polícia Civil investiga morte de bebê de cinco meses em Criciúma

Óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Geral

Familiares se despedem do jornalista Dom Phillips em Niterói

Família disse que seguirá atenta aos desdobramentos das investigações