keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Propostas de novas obras em trecho concedido da BR-101 serão apresentadas nesta quarta-feira em Itajaí e Florianópolis

Investimento prevê construção de vias marginais, trevos, pontes, viadutos e ampliação da capacidade da rodovia

A Arteris Litoral Sul participa nesta quarta-feira, 24, de duas reuniões do Grupo de Trabalho BR-101 do Futuro, coordenado pela Federação da Indústrias de Santa Catarina, nas cidades de Itajaí e Florianópolis. Na pauta dos encontros está a apresentação de um novo conjunto de investimentos para o trecho sob concessão da BR-101. As propostas de novas obras resultaram da força tarefa coordenada entre entidades representativas em Santa Catarina.

Desde 2008, a concessionária já investiu R$ 3,9 bilhões em obras de melhoria da infraestrutura e operação no eixo de ligação entre as capitais Curitiba e Florianópolis – composto pela BR-101/SC, BR-376/PR e BR-116/Contorno Leste. Esse investimento viabilizou a construção de 86 km de vias marginais, 35 passarelas, 19 trevos, ampliação de 34 pontes, construção de uma Área de Escape e implantação de 200 novos quilômetros de iluminação. Essa melhoria na infraestrutura contribuiu para fluidez e segurança do tráfego – com destaque para redução de 20% nas fatalidades por acidentes entre 2010 e 2018 nas rodovias concedidas – rota entre Curitiba e Florianópolis.

No entanto, o desenvolvimento econômico dos municípios que integram o trecho concedido impõe novas demandas de infraestrutura também para a rodovia BR-101. E é diante desta perspectiva que os grupos BR-101 do Futuro e Grupo Paritário de Trabalho propõem um novo conjunto de investimentos para a concessão, com objetivo de contribuir para melhoria da mobilidade e segurança do tráfego na região. As obras seguem em avaliação conjunta com a Agência Nacional de Transportes Terrestre.

Novas obras propostas

Durante a manhã, serão apresentadas em Itajaí as obras propostas para o trecho da BR-101 entre os municípios de Piçarras, Penha, Navegantes, Itajaí, Balneário Camboriú e Itapema – com um total de 55 quilômetros de extensão. Para este segmento são sugeridas intervenções como: construção de ruas laterais, retorno em desnível, viadutos, pontes, readequação de trevo, melhoria de acesso, construção de túneis, implantação de agulha e passagem em desnível (Veja detalhamento abaixo).

Já durante a tarde, serão detalhadas as obras sugeridas para a rodovia BR-101 na Região Metropolitana de Florianópolis, entre Biguaçu, São José e Palhoça. A proposta prevê intervenções num trecho de 47 quilômetros com ruas laterais, pontes, retornos e plano de aumento da capacidade (Veja detalhamento abaixo).

Além disso, o conjunto de melhorias propostas prevê investimentos para o trecho da BR-101 nos demais municípios entre Garuva e Barra Velha e de Tijucas a Governador Celso Ramos.

Força tarefa de entidades representativas

Este conjunto de obras sugeridas foi amplamente discutido por dois grupos de trabalho representativos no estado. Além da participação do Grupo BR-101 do Futuro, coordenado pela Fiesc, os investimentos também foram analisados pelo Grupo Paritário de Trabalho (GPT).

O GPT foi criado pela portaria 130/2014 da Superintendência de Exploração de Infraestrutura Rodoviária – ANTT – e conta com a participação de diversas outras entidades como a própria Fiesc, Auresc, Comdes, Fetrancesc, Plamus, Crea-SC, Amunesc, Amfri, Sindipetro, Polícia Rodoviária Federal e Arteris Litoral Sul.

Mais informações:

Serviço:
Reunião do Grupo BR-101 do Futuro/Fiesc:
Quando: quinta-feira, 24
9h – Porto de Itajaí – Rua Blumenau, 05 – Centro de Itajaí-SC
14h – Sede da Fiesc – Rodovia Admar Gonzaga, 2765, Itacorubi – Florianópolis-SC

Investimentos:

Detalhamento de obras no trecho da BR-101 na Região Metropolitana de Florianópolis:

• 47 km de Aumento de Capacidade
6 Viadutos em Marginal
11 Passarelas
12,8 km de Terceira Faixa
26,7 km de Terceira Faixa em Marginal

• 8 km de Marginais
• 2 Pontes em Marginais
• 1 Retorno em Viaduto

Detalhamento de obras do trecho entre Piçarras, Penha, Navegantes, Itajaí, Balneário Camboriú e Itapema:

• 4,5 km de Terceira Faixa
• 2 Complementações de Trevos
• 7 Pontes em Marginais
• 2 Retorno em Viaduto
• 34 km de Marginais
• 4 Viadutos em Marginais
• 1 Reconstrução de ponte
• 2 Alças de trevo
• 1 Acesso a inverter
• 1 Acesso a implantar
• 1 Trevo em viaduto
• 2,2 km de Faixa Adicional
• 2 Pontes em Marginais
• 15 Viadutos em Marginais
• 2 Túneis duplos

Confira algumas das principais ações sugeridas na BR-101, Garuva a Barra Velha.:

• 21 km Terceira Faixa
• 6 Viadutos em Marginais
• 3 km de Marginais
• 2 retornos em viaduto

Confira algumas das principais ações sugeridas na BR-101, Tijucas a Gov. Celso Ramos.:

• 3 Viadutos em Marginais
• 3 Pontes em Marginais
• 2 Complemento de Trevo em Desnível
• 2 Retornos em Viaduto
• 18 km de Marginais

Sobre a Concessionária– Concessionária responsável, desde 2008, pelo trecho entre Curitiba (PR) e Palhoça (SC) formado pelo Contorno Leste de Curitiba e pelas BRs 376 e 101. Durante os 25 anos do contrato de concessão, serão investidos R$ 5,6 bilhões em melhorias no trecho, incluindo a operação das rodovias. A Autopista Litoral Sul, com sede social localizada na cidade de Joinville (SC), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, se constitui em pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária).

Sobre a Arteris – A Arteris S.A. é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.400 km em operação. Por meio de suas nove concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Arteris Fernão Dias, Arteris Régis Bittencourt, Arteris Litoral Sul, Arteris Planalto Sul e Arteris Fluminense. Também detém as concessionárias estaduais Arteris Autovias, Arteris Centrovias, Arteris Intervias e Arteris ViaPaulista, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização. Em 2016, recebeu o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris.com.br.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Fotos: Geada transforma as paisagens da Serra Catarinense

Fotos do fotógrafo Wagner Urbano mostra como a geada afetou as paisagens das cidades da Serra

Geral

Mourão visita feira da FIESC, em Florianópolis

O vice-presidente da República esteve na feira de tecnologias e produtos de defesa nesta sexta-feira (20), na Base Aérea de Florianópolis

Geral

Veja quais postos de Santa Catarina venderão gasolina a R$4,99 o litro

Cada cliente poderá abastecer atá 15 litros por carro e cada filial disponibilizará 5 mil litros de gasolina comum pelo valor diferenciado

Geral

Bolsa Estudante: Auxílio começa a ser pago aos estudantes contemplados nesta sexta-feira

Os bolsistas que informaram uma conta corrente do Banco do Brasil receberam ambas as parcelas nesta sexta

Geral

Trabalho de monitoramento contra dengue é intensificado pela Prefeitura de BC

Outra ação de combate à dengue são palestras nas escolas de Balneário Camboriú.

Mais notícias

Segurança

Criminosos se desesperam e sofrem grave acidente durante sequestro em Santa Catarina

Uma das vítimas conseguiu pular do veículo e fugir, mas a outra ficou dentro do carro e teve de ser atendida

Segurança

Carro fica completamente destruído em acidente em SC; motorista sobrevive

O motorista, de 38 anos, condutor do carro, estava no local aguardando socorro