keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Promotoria de Justiça requer diligências em inquérito de morte de jovem por PM

Vitor Henrique Xavier da Silva foi morto no quintal de casa, no bairro Ingleses, em Florianópolis.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), por meio da 36ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital, requereu a juntada de documentos e novas diligências no inquérito policial que apura a morte de um jovem por policiais militares no bairro Ingleses, em Florianópolis.

De acordo com o inquérito da Polícia Civil, Vitor Henrique Xavier da Silva, de 18 anos, foi morto no quintal de casa, quando atirava em latinhas com uma arma de pressão, por policiais militares que haviam sido chamados para atender a ocorrência de um suposto homem que estaria armado na rua. O inquérito concluiu pelo indiciamento de um dos policiais por homicídio doloso.

Para o Promotor de Justiça André Otávio Vieira de Melo, o inquérito ainda necessita de complementação. Assim, ele requer a juntada de uma fotografia mencionada no depoimento de uma testemunha e a juntada do Inquérito Policial Militar que também apura os fatos.

O Promotor de Justiça requer, ainda, um croqui das casas limítrofes à residência do jovem, indicando onde que as testemunhas, até então já ouvidas, moram naquela localidade. Assim, pede o retorno do inquérito para a autoridade policial para a devida complementação, no prazo legal de 30 dias.

Segurança

Homens são vistos fugindo após incendiar quiosque em Porto Belo

A dona do quiosque disse para os oficiais que atenderam a ocorrência que já vinha recebendo ameaças.

Segurança

Condomínio tomado pelo tráfico de drogas é alvo de ação da PM em Blumenau

A operação, que é coordenada pela 7ª Região de Polícia Militar (RPM), tem como objetivo restabelecer a ordem e a tranquilidade do local.

Segurança

SC atinge menor taxa de feminicídios dos últimos cinco anos

Em 2020, o balanço do ano mostrou que a cada seis horas uma mulher foi morta no Estado

Segurança

Empresário é preso por vender celulares furtados em loja de Camboriú

Conforme apurado, pelo menos 3 dos aparelhos foram comercializados na loja

Mais notícias

Segurança

Homens são vistos fugindo após incendiar quiosque em Porto Belo

A dona do quiosque disse para os oficiais que atenderam a ocorrência que já vinha recebendo ameaças.

Esportes

Porto Belo adapta Serviço de Proteção Social a adolescentes em medidas socioeducativas

Os encontros têm acontecido em grupos, mas sem contato físico entre os adolescentes e com o devido distanciamento entre eles.