keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Professor é agredido com cabo de vassoura por alunos em escola de Navegantes

Professor sofreu fratura na mão e ferimentos na cabeça

Foto: Reprodução/ND+

Na última sexta-feira (3), uma agressão foi registrada dentro da Escola Estadual de Educação Básica Paulina Gaya, em Navegantes. Um professor foi agredido com um cabo de vassoura por dois alunos no local. Por conta das agressões, a vítima precisou receber atendimento médico. 

Após as agressões, o professor foi levado ao Hospital Municipal de Navegantes. Ele sofreu ferimentos na cabeça e fratura na mão. A Polícia Militar foi acionada até a escola. Como foram informadas que a vítima já estava recebendo atendimento médico, as guarnições então foram até a unidade hospitalar.

No local, o professor relatou que fazia a chamada dos alunos quando foi surpreendido pelos jovens que iniciaram as agressões. Um deles, ele conseguiu identificar. Após agredir o professor, os alunos fugiram da escola. O professor afirmou ainda que não sabe o que teria motivado as agressões, já que ele não teve nenhuma desavença com os dois rapazes, nem com nenhum de seus alunos.

A Secretaria de Educação de Santa Catarina afirmou que já teve conhecimento do caso e está tomando as medidas cabíveis diante da situação e que está prestando assistência ao professor. Veja a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Educação, por meio da Coordenadoria Regional de Educação de Itajaí, esclarece que está ciente e tomando todas as providências em relação ao ocorrido na EEB Professora Paulina Gaya, no município de Navegantes.

Reforça ainda que, por meio do Núcleo de Atenção e Prevenção à violência na escola, que atua no órgão central, nas coordenadorias e em todas as unidades escolares do Estado, ouve todas as partes envolvidas, presta apoio ao professor e planeja ações pedagógicas de combate à violência com toda a comunidade escolar.

O caso segue sendo acompanhado pela equipe multidisciplinar da coordenadoria regional, que inclui dois psicólogos e dois assistentes sociais. A SED reforça que preza e trabalha por um ambiente escolar acolhedor e inclusivo, sem qualquer tipo de violência.

Fonte: ND+

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Polícia Civil investiga morte de bebê de cinco meses em Criciúma

Óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Segurança

Mulher é jogada para fora do carro em movimento pelo marido em SC

Marido continuou as agressões em casa, onde a vítima acionou socorro

Segurança

Motociclista morre após ser atingido por veículo em Blumenau

Motociclista foi identificado como Marcos Roberto Ronchi de 37 anos

Segurança

Polícia é chamada após mulher embriagada tentar agredir marido com machado em SC

Homem contou que ele acionou os policiais para apaziguar a briga entre o casal

Mais notícias

Segurança

Polícia Civil investiga morte de bebê de cinco meses em Criciúma

Óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Geral

Familiares se despedem do jornalista Dom Phillips em Niterói

Família disse que seguirá atenta aos desdobramentos das investigações