keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Produtos fitoterápicos podem ser retirados em Balneário Camboriú

Pomadas, tinturas e sabonetes feitos com plantas medicinais no Laboratório de Fitoterapia Edgar Eipper podem ser retirados pela população desde esta quarta-feira (03). O laboratório, que fica Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta, foi inaugurado em dezembro, quando começou a produção de fitoterápicos.

A distribuição dos produtos é gratuita. Para retirá-los, o interessado deve se cadastrar no Departamento de Fitoterapia da Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM), que também está localizado no Parque. O cadastramento e a retirada são feitos nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 18h. É preciso apresentar o CPF. Todos os produtos disponíveis à população têm código de barra, o que facilita o controle da SEMAM sobre os fitoterápicos entregues (confira abaixo quais pomadas, sabonetes e tinturas são elaborados).

Conforme a farmacêutica do laboratório, Elaine Nunes Correia, cada pessoa poderá retirar, a cada visita, um produto manipulado (tintura, pomada ou sabonete) e dois chás (que já eram produzidos no Parque antes da inauguração do laboratório).

“Achei muito importante Balneário Camboriú ter um laboratório como este, porque a gente tem que usar produtos naturais. Eu costumo me tratar com ervas”, disse o comerciante João Luiz dos Santos, que esteve no laboratório e levou para casa tintura de alcachofra e chás.

A professora Jucélia Barcelos Martins também aproveitou a ida ao Parque para retirar fitoterápicos. “Fiquei sabendo que ia começar a distribuição em janeiro e vim pegar. Gosto desses produtos por serem mais naturais”, comentou a professora, que retirou chás e pomada de arnica.

O laboratório, a farmácia fitoterápica e o horto de plantas medicinais do Parque fazem parte do Projeto Plantas que Curam. Toda a matéria-prima usada na elaboração dos fitoterápicos é cultivada no Parque. “Com o laboratório, Balneário Camboriú se firma como referência em fitoterapia em Santa Catarina”, ressalta o secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd.

Como retirar:

O interessado deve se cadastrar no Departamento de Fitoterapia da Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM).

O cadastramento e a retirada dos produtos são feitos nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 18h. É preciso apresentar o CPF.

Produtos elaborados no Laboratório de Fitoterapia Edgar Eipper:

Tinturas:
– Alcachofra (colesterol alto, protetor hepático)
– Carqueja (digestivo, dissolvente de cálculos renais)
-Erva-baleeira (reumatismo, dores na coluna e articulações, analgésico, anti-inflamatório)
– Guaçatonga (herpes, aftas e feridas em geral)
– Hortelã (analgésico, cólicas uterinas, digestivos e gases)
– Manjerona (insônia, cólicas, dor de cabeça e antisséptico bucal)
– Mil-em-rama (dor de cabeça, digestivo e calmante)

Pomadas:
– Arnica (contusões, dores musculares e hematomas)
– Erva-baleeira (reumatismo, dores na coluna e articulações, analgésicos, anti-inflamatório)
– Guaçatonga (herpes, aftas e feridas em geral)

Sabonetes:
– Alecrim (antisséptico, feridas na pele, alergia e cicatrizante)

Cidades

Vídeo: Policiais ajudam cadeirante a subir rua íngreme

Os policiais estavam na rua quando perceberam a dificuldade de uma deficiente física em subir o local íngreme

Cidades

Governo estuda cinco rotas para implantação do transporte marítimo na Grande Florianópolis

Estudo ainda está na fase de modelagem, que será debatido com as prefeituras

Cidades

SC gera 25 mil empregos em setembro e obtém o melhor resultado do Sul do Brasil

Todos os setores da economia catarinense sentiram o aumento do número de postos de trabalho

Cidades

Mulher é resgatada após cair de prédio em Navegantes

A mulher estava caída na marquise do prédio quando os socorristas chegaram

Cidades

Adolescente morre após bater moto em carro estacionado

O adolescente pilotava uma motociclista quando bateu contra um carro que estava estacionado

Mais notícias