keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Principal nome do PGC fora da cadeia é morto em Tijucas

Aos 18 anos, o traficante W.F.I, foi morto em confronto com o PPT em Tijucas, no bairro Imacol, na noite desta sexta-feira, 03/08. Conhecido como Mocotó, ele foi procurado pela polícia por um mandado de […]

Aos 18 anos, o traficante W.F.I, foi morto em confronto com o PPT em Tijucas, no bairro Imacol, na noite desta sexta-feira, 03/08. Conhecido como Mocotó, ele foi procurado pela polícia por um mandado de prisão, mas reagiu. Mocotó é apontado como um dos mandates de casos de homicídios na região, incluindo atentados a órgãos públicos.

Segundo os policiais, Mocotó era o nome mais perigoso do PGC fora da cadeia. Era o responsável pelo Bonde do Rigor, que planejava ataques a agentes públicos. Ele estaria se aproveitando da vaga de poder no Jardim Progresso, em Tijucas, para tentar dominar o tráfico no local.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Trio que assassinou idoso durante roubo é preso em Joinville

Nesta quarta-feira, foram cumpridas as três prisões e quatro mandados de busca nas cidades de Joinville e São Francisco do Sul

Segurança

Criança encontra o corpo de mãe esfaqueado no quarto de casa

O marido da vítima confessou o crime e alegou “distúrbios psíquicos”

Segurança

Ponte quebra e caminhão fica preso na correnteza de rio em SC

A ponte onde houve o acidente era provisória e tinha a estrutura para aguentar apenas seis toneladas

Segurança

Mulher que morreu em acidente em Tijucas deixa seis filhos

Após sair da pista, o carro capotou e ficou parcialmente submerso

Mais notícias

Geral

Primeiro clube flutuante de SC naufraga na Ilha das Cabras em Balneário Camboriú

Não havia ninguém no local quando a estrutura se desprendeu. A estrutura ficava atracada na margem direita do Rio Camboriú

Cidades

Força-tarefa de Itapema atuou durante toda a madrugada para diminuir estragos do ciclone

Foram registrados em média 150mm de chuva nas últimas 24h e cerca de 26 mil unidades ficaram sem energia elétrica