keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Primavera será de pouca chuva no Oeste de Santa Catarina

A previsão climática destaca ainda que aumentam no Estado as ocorrências de temporais com granizo e ventania durante os meses de setembro, outubro e novembro.

X
Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Os meses de setembro, outubro e novembro serão de chuva abaixo da média na faixa que vai do Extremo Oeste ao Meio Oeste catarinense. Do Planalto ao Litoral a chuva deve ficar próxima à média histórica. É o que indica a previsão climática, elaborada pelo Fórum Climático, um conjunto de meteorologistas de várias instituições, coordenado pela Epagri, que se reúne mensalmente para discutir a previsão do clima para o próximo trimestre.

O boletim informa que no Oeste persiste a condição de chuva mal distribuída. Com mais nebulosidade e nevoeiros, o Leste de Santa Catarina deve registrar a ocorrência frequente de eventos de chuva, especialmente no Litoral e Vale do Itajaí. “Ressalta-se que eventos localizados, com totais significativos de chuva, podem ocorrer no Oeste e sobretudo no Litoral”, alerta o documento.

A previsão climática destaca ainda que aumentam no Estado as ocorrências de temporais com granizo e ventania durante os meses de setembro, outubro e novembro. Por vezes, a chuva ocorre com totais mais significativos, em curto intervalo de tempo. Por isso, a recomendação é acompanhar a atualização dos avisos meteorológicos na página e nas redes sociais da Epagri/Ciram.

Temperatura

Com relação à temperatura, a previsão é de que ela fique próxima da média climatológica no Litoral e acima da média do Extremo Oeste ao Meio Oeste de SC durante o próximo trimestre. Massas de ar frio são esperadas no restante do inverno, com formação de geada e temperatura negativa. Na primavera, sobretudo em outubro, podem ocorrer episódios de frio, com formação de geada e até temperatura próxima de zero, principalmente no Planalto Sul.

Nevoeiros seguirão frequentes no trimestre, associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade sobretudo no período noturno, madrugada e amanhecer. A área costeira do Estado deve ser atingida por nevoeiro marítimos mais densos e persistentes.

Médias históricas

Setembro e outubro fazem a transição do inverno para o verão, marcando historicamente o início do período de chuva com totais mensais elevados. A chuva nestes meses está associada à passagem de frentes frias, sistemas de baixa pressão e a Sistemas Convectivos de Mesoescala (SCM). Na segunda quinzena de novembro, as pancadas de chuva de verão, associadas à convecção da tarde, passam a ocorrer com mais frequência.

Em setembro os totais de chuva variam de 150 a 210mm no Oeste e Meio Oeste e de 110 a 170mm nas demais regiões. Outubro registra os volumes de chuva mais elevados do trimestre, variando de 210 a 280mm no Oeste e Meio Oeste e de 140 a 180mm nas demais regiões. Em novembro a chuva ocorre com totais de 130 a 180mm em média.

Ciclones extratropicais atuam no litoral da Argentina, Uruguai e Sul do Brasil no trimestre. O fenômeno provoca ventos fortes e mar agitado, que muitas vezes resultam em ressaca, o que representa perigo às embarcações.

O fenômeno La Niña deve persistir até o final de 2021.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Governo de SC apoia municípios atingidos por fortes tempestades

O Governo do Estado estruturou a Defesa Civil Estadual (DCSC) no desenvolvimento de um sistema de monitoramento eficiente

Geral

PGE/SC pede à Justiça liberação imediata de dinheiro bloqueado no caso dos respiradores

O procurador-geral do Estado, Alisson de Bom de Souza, afirma que a obtenção de autorização judicial para o emprego dos recursos na área da saúde é um passo importante

Geral

Três irmãos se negam a tomar vacina em Santa Catarina e morrem com oito dias de diferença

As vítimas são duas mulheres com 53 e 51 anos e um homem de 48 anos. Todos eram agricultores e chegaram a ser procurados em casa por agentes de saúde.

Geral

Milionário catarinense ganha tilápia, queijo e ovos na rifa da Fazendinha

Brandão pediu para que a escola não divulgasse quantos números da rifa ele comprou

Geral

SC distribui 378 mil doses contra a Covid-19 nesta quarta-feira (22)

A distribuição das doses para serem usadas como D1, D2 e dose de reforço começa às 8h

Mais notícias

Mercado Imobiliário

Vídeo: Gestão Lucrativa do Tempo é tema da Academia Imobiliária desta semana

No Mercado imobiliário SC, toda semana, nosso consultor, Estevão Guerreiro, apresenta dicas e alternativas para quem já atua no setor e quer vender ainda mais. É a nossa “Academia Imobiliária. Nesta semana o tema foi […]

Mercado Imobiliário

Vídeo: Itapema contará com novo hotel da rede Intercity Hotels

O foco é atender clientes dos mais diversos públicos, mas principalmente àquele hóspede que busca um bom custo benefício para se hospedar em um curto período de tempo.