keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Prefeitura de Canelinha e Senai fecham parceria para oferecer cursos profissionalizantes

As inscrições iniciaram no dia 11 e seguem até que as vagas estejam completas

X
Divulgação

A prefeitura de Canelinha e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI, assinaram durante a semana, convênio para início do projeto Qualifica Canelinha, que vai atender, inicialmente, pessoas atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social, ligado a Secretaria de Assistência Social do município.

O SENAI será parceiro do projeto disponibilizando equipe técnica e professores para a realização de oficinas de panificação, com aulas na Unidade Móvel, uma carreta equipada para o desenvolvimento de cursos.   Além deste, também serão ofertadas as oficinas de costura têxtil e costura de calçados.

“Toda a FIESC tem uma responsabilidade muito grande neste tipo de projeto, pois faz parte do nosso portfólio ser responsável socialmente. Essa oportunidade que a prefeitura de Canelinha está nos dando, estreitando  nossos laços e permitindo que a nossa equipe, através das suas competências, possa ajudar  as pessoas da cidade, trazendo engajamento e mostrando o quanto é importante a educação das várias formas. Tenho certeza que será engrandecedor para todos”, frisou o gerente executivo do SESI SENAI e IEL no Vale do Itajaí Mirim e Vale do Rio Tijucas, Roberto Zen.

A coordenadora de Educação Básica e Profissional do SESI SENAISandra Freitas destaca a importância deste tipo de oportunidade.

“É gratificante essa parceria com a Prefeitura de Canelinha, pois vimos o interesse em investir na qualificação das pessoas. E nosso objetivo é fazer com que cada um destes alunos, saiam com uma profissão ou possam ter uma renda extra e conseguimos concretizar através de muitos parceiros. Esperamos que até o final do ano, possamos apresentar mais novidades para a comunidade”, lembrou.  

Segundo o prefeito de Canelinha, Diogo Francisco Alves Maciel, as inscrições para os interessados em fazer as oficinas já iniciaram e assim que fecharem as turmas, começam as aulas. Para a Oficina de Panificação serão 15 vagas por modalidade, já as outras duas oficinas receberão 25 alunos cada uma delas e os cursos serão realizados nas próprias indústrias da cidade.

“Na situação difícil que passa o País, estamos buscando alternativas para gerar investimentos e novas oportunidades para fortalecer ainda mais o desenvolvimento de Canelinha e consequentemente ampliar a geração de emprego e renda na nossa cidade” ressalta o Prefeito.

O vice-prefeito de Canelinha, Antônio Carlos Machado Junior, idealizador do projeto, destacou ainda que estas oficinas vão “fazer com que a nossa população realmente tenha uma cultura de qualificação, de estudo e de conhecimento. Tenho certeza que mais no futuro, nós vamos ter pessoas mais qualificadas, mais bem remuneradas e isso vai fazer com que a nossa cidade cresça ainda mais”.

As inscrições iniciaram no dia 11 e seguem até que as vagas estejam completas. Horário de atendimento: das 8h às 12h e das 14h às 17h, no CRAS, Av. Prefeito Silvestre Nunes, 951, Areão, contato (48) 3264-0133.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Mulher encontra cobra venenosa dentro de saco de alface

Produto foi comprado em uma rede de supermercado

Geral

Setor de serviços em Santa Catarina tem alta de 9,9% em fevereiro

O volume de serviços em SC no acumulado de janeiro e fevereiro teve crescimento de 7,5%, o maior entre as 27 Unidades da Federação.

Geral

Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado

Com apenas uma aposta da Dupla-Sena, o apostador concorre a dois sorteios no mesmo concurso. Ganha quem acertar 3, 4, 5 ou 6 números, tanto no primeiro quanto no segundo sorteio.

Geral

Leão-marinho resgatado em SC tinha bala de arma de fogo alojada na cabeça

Ainda na quarta-feira, o pinípede foi hidratado e medicado. Mesmo com todos os esforços da equipe, o leão-marinho morreu no início da manhã desta quinta.

Geral

Ministério Público dá prazo para empresas potencialmente poluidoras apresentarem licenças ambientais em Porto Belo

A multa diária de R$ 5 mil deverá ser aplicada caso deem continuidade às atividades poluidoras sem as devidas licenças após o prazo concedido para regularização

Mais notícias