keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

PR: Avô mata neta com facada, lambe faca e diz: ‘como é bom sangue novo’

Para defender a mãe, filha se jogou na frente do avô e foi esfaqueada

Detalhe da morte da adolescente Natasha da Silva, de 14 anos, que foi esfaqueada pelo avô, de 62 anos, durante a noite do último sábado (1º), no bairro Uvaranas, em Ponta Grossa (PR), foram relatados por testemunhas à Polícia Civil. Segundo informações, após o crime, ele ainda teria lambido a faca e dito: “como é bom sangue novo”. O suspeito foi preso por homicídio.

Vizinhos afirmam que, desde que o homem se separou da ex-esposa, há três anos, costuma beber com frequência e promover festas na garagem de casa, que terminam em confusão e briga. No entanto, desta vez, o caso foi mais grave e acabou com uma adolescente morta, outra esfaqueada e duas pessoas presas.

Testemunhas disseram que, durante a festa, a filha do homem, de 31 anos, chegou ao local e ficou revoltada ao ver uma adolescente, de 16 anos, se relacionando com seu pai, de 62 anos. Na sequência, a mulher teria pego um facão e atingido a namorada do pai, que teve ferimentos na mão e na cabeça. A adolescente relatou, enquanto estava sendo atendida pelos socorristas, que a discussão teria começado por conta de um celular. Ela teve ferimentos moderados e foi encaminhada para uma unidade de saúde.

Depois, pai e filha começaram a brigar e o homem passou a ameaçar a filha com uma faca. A neta do homem se jogou na frente para defender a mãe no momento em que ele foi golpear a mulher, e foi atingida na virilha. O suspeito teria então, de acordo com as testemunhas, lambido a faca com o sangue da neta. A adolescente, Natasha, ainda tentou correr e chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.

“Quando ele [avô] pegou de um jeito que ela [a mãe] não conseguia se defender, a neta pulou no pescoço dele e segurou ele. Ele derrubou ela no meio da rua e continuou batendo na filha. Aí ele falava que queria ver sangue”, disse uma vizinha. A testemunha contou que a discussão durou cerca de uma hora, até que o homem invadiu a casa da filha.

“Ele entrou, arrebentou o portão e foi tentar esfaquear a filha, só que a menina de 14 anos entrou na frente. Ela dizia ‘não briguem’, entrou na frente e acabou levando a facada na virilha”, disse a vizinha. “Depois de esfaquear a neta, ele saiu, lambeou a faca com sangue e falou ‘como era bom sangue novo’”. O avô e a mãe de Natasha foram presos e levados para a delegacia de Polícia Civil de Ponta Grossa. O homem responde por homicídio e a mulher por tentativa de homicídio.

Fonte: RicMais

Segurança

Homem morto é levado a posto dos correios para receber pensão

A polícia disse que uma autópsia seria realizada para determinar a causa da morte do homem

Segurança

Homem foragido por fraude no Pará é preso em SC

Nesta segunda-feira (24), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Combate à Corrupção da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Decor/DEIC), prendeu preventivamente um homem que estava com mandado de prisão em […]

Segurança

Polícia procura suspeito de matar mãe e filha no RS

Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Passo Fundo apuram os motivos para o possível feminicídio

Segurança

Vídeo: Motorista é flagrado duas vezes trocando cerveja com passageiro de outro carro em Florianópolis

Em determinado momento, os automóveis, modelo Chevrolet/Celta, chegam a dividir uma mesma pista

Segurança

Corpo encontrado em SC pode ser de idosa estrangeira desaparecida há mais de 15 dias

Segundo informações da Polícia Civil, há indícios de que o corpo seja da idosa por conta do local e as vestes do corpo

Mais notícias

Geral

Maior investimento em transporte escolar segue com entrega de mais 40 ônibus em Santa Catarina

Mais 40 veículos de transporte escolar foram entregues pelo Governo do Estado aos municípios catarinenses em evento realizado nesta terça-feira, 25, em Palhoça. Esta é a terceira remessa realizada em cerca de um mês, desde […]

Segurança

Homem morto é levado a posto dos correios para receber pensão

A polícia disse que uma autópsia seria realizada para determinar a causa da morte do homem