keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Ponte Hercílio Luz completa 95 anos e tráfego de carros é totalmente liberado

Aos sábados, domingos e feriados, continua a exclusividade para pedestres e ciclistas

X
Ricardo Wolffenbuttel / Secom

Nesta quinta-feira, 13, dia em que a Ponte Hercílio Luz completa 95 anos, o governador Carlos Moisés liberou o trânsito de carros na via, independentemente do número de ocupantes e sem restrição de horários. Por questões de segurança, segue proibido o tráfego de motocicletas. 

“Assim a Ponte Hercílio Luz passa a se integrar ainda mais ao nosso cotidiano”, ressalta Carlos Moisés. “A Velha Senhora é um patrimônio histórico, artístico e arquitetônico e merece ser usufruída pelos catarinenses na sua totalidade”, acrescenta o governador.

Aos sábados, domingos e feriados, continua a exclusividade para pedestres e ciclistas. O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Augusto Vieira, explica que essa é uma forma de conectar o monumento à comunidade.

“A reabertura da Ponte foi um reencontro dela com a comunidade. Se de segunda a sexta ela é uma importante ferramenta para desafogar o trânsito entre a Ilha e o Continente, nos domingos e feriados passa a ser um espaço de lazer e de contemplação”, avalia Vieira.

A decisão foi tomada a partir de uma reavaliação que contou, ainda, com a Polícia Militar, Prefeitura e Guarda Municipal de Florianópolis.

Conserva e manutenção 

A Ponte Hercílio Luz foi reaberta ao público em dezembro de 2019. Mas, nos próximos 15 dias, a restauração será oficialmente entregue à Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIE) pela empresa Teixeira Duarte. O fiscal da obra e atual diretor de projetos rodoviários da SIE, engenheiro José Abel da Silva, explica que mesmo após a conclusão dos serviços, a empresa fica responsável pela manutenção da estrutura por determinado período.

“Funciona como uma garantia, que termina com a entrega oficial”,observa o diretor de projetos rodoviários. 

Em até 30 dias está previsto o lançamento da licitação para a manutenção da Ponte Hercílio Luz. Com duração de três anos, esse contrato de prestação de serviço prevê ajustes, pintura, instalação de câmeras de vigilância, etc. 

A construção do primeiro elo entre a Ilha de Santa Catarina e o continente foi um marco histórico para os catarinenses e para os brasileiros. A obra, que durou quatro anos, contou com material importado dos Estados Unidos e tecnologia de ponta. Tratava-se da maior ponte pênsil com sistemas de barras de olhal no mundo.

Fatores como o salitre (produto da ação corrosiva do mar), aumento da capacidade para além do planejado na inauguração e falta de manutenção culminaram na primeira interdição, em 1982 (houve reabertura parcial em 1988 e total em 1990) e na segunda, em 1992 (que durou até a reabertura de 2019).

Para que fosse devolvida à comunidade, a Velha Senhora passou pela maior e mais complexa obra de recuperação da história de Santa Catarina. Na semana de sua reabertura, a Velha Senhora serviu de palco cultural e recebeu mais de 1 milhão de pessoas.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Professores de ciências participam de encontro para troca de experiências

Uso de experimentos nas aulas de ciências constitui uma relevante ferramenta no processo de aprendizagem

Geral

Vetter inicia construção de novo empreendimento em Penha

Com arquitetura contemporânea, o Coral Gables insere a cidade no rol do mercado imobiliário de luxo com aposta em soluções inéditas

Geral

Vídeo: Motorista perde controle em rotatória e quase vai para dentro de lagoa

O acidente foi registrado por volta das 3h50min em uma rotatória da cidade de Penha

Geral

“Considero ele um monstro”, pai de serial killer se desculpa por mortes

Durante uma semana de fuga, o homem matou pelo menos quatro pessoas e baleou outras três, além de fazer reféns em chácaras

Mais notícias

Segurança

Assaltante morre em confronto com a PM e dois são presos em Bombinhas

Dois criminosos foram mortos no final da tarde desta quinta-feira (17), no bairro José Amândio, em Bombinhas. Segundo informações preliminares eles haviam praticado assaltos na região da Grande Florianópoli

Cidades

Violência contra o idoso dobra durante pandemia e continua crescendo

Alerta foi feito nesta quinta-feira (17) durante Roda de Conversa entre os vereadores de São José , representantes de entidades e do município