keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia prende em Itajaí e Camboriú quadrilha que assaltava motoristas de aplicativos em SC

Grupo criminoso que roubava os carros e motoristas tinha quatro homens e duas mulheres

X
Foto: PC/Divulgação

A Polícia Civil identificou e prendeu dois dos quatro suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubo de carros de motoristas de aplicativo. A ação é da Polícia Civil em Gaspar. Foram quatro meses de investigações que resultaram em dois mandados de prisão preventiva cumpridos nesta sexta-feira (19), em Camboriú e Itajaí.

As investigações concluíram que os quatros roubos foram praticados pela mesma quadrilha especializada na subtração de veículos, sendo os autores identificados (quatro homens e duas mulheres). Foram expedidos mandados de prisão preventiva contra os integrantes pela prática dos crimes de associação criminosa armada, roubo majorado e uma tentativa de latrocínio.

Nesta sexta-feira, policiais civis de Gaspar e Ilhota cumpriram um mandado de prisão contra um homem de 37 anos que estava recolhido no Presídio de Itajaí e prenderam uma mulher de 34 anos em sua residência no bairro Monte Alegre, em Camboriú. Ela foi encaminhada ao Presídio de Itajaí. As diligências continuam para prender os demais integrantes.

A série de roubos começou no dia 4 de junho, quando um motorista de aplicativo de Blumenau foi acionado para fazer uma corrida até Gaspar. No caminho, os três ocupantes anunciaram o assalto sob a ameaça de uma arma de fogo e subtraíram o veículo, aparelho celular e R$ 300.

No dia 16 de junho, o grupo voltou a agir. Dois homens roubaram um motorista de aplicativo em Blumenau após solicitar uma corrida e, no percurso, já em Gaspar, anunciaram o assalto com uma arma de fogo e subtraíram o seu veículo, aparelho celular e R$ 100.

No dia 21 de junho, três homens tentaram subtrair um veículo na BR-470 após persegui-lo por alguns quilômetros pela rodovia. A vítima ainda tentou fugir do local, mas foi impedida após ter o veículo atingido com nove tiros, tendo um deles atingido a cabeça da vítima, que sobreviveu ao ataque.

Em 4 de julho, um motorista de aplicativo de Gaspar foi a quarta vítima do grupo criminoso. Ele foi acionado para atender uma corrida com destino a Ilhota e durante o percurso, ainda em Gaspar, um homem anunciou assalto mediante utilização de arma de fogo e subtraiu o veículo e um aparelho celular.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

O que motivou o assassinato da jovem encontrada enterrada na praia em SC

Antes de ser assassinada, ela teve ainda que cavar a própria cova

Segurança

Mãe que abandonou bebê em geladeira é presa pela Polícia Militar

Suposta mãe da criança entregou um embrulho para vizinha, há um ano atrás, dizendo que era um pedaço de carne

Segurança

Acidente entre carro e caminhão mata casal e bebê em Santa Catarina

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o carro e um caminhão com placas de Ibiam bateram de frente

Mais notícias

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup