keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia Federal usará drones para reprimir crimes eleitorais nas Eleições 2020

A Polícia Federal apresentou no Tribunal Superior Eleitoral – TSE, durante cerimônia de lançamento do Plano de Ação para as Eleições 2020, seu projeto de utilização de Drones para a prevenção e repressão aos crimes […]

X
Divulgação/PF

A Polícia Federal apresentou no Tribunal Superior Eleitoral – TSE, durante cerimônia de lançamento do Plano de Ação para as Eleições 2020, seu projeto de utilização de Drones para a prevenção e repressão aos crimes eleitorais.

Na ocasião, o Diretor-Geral da PF, Rolando Alexandre de Souza e o Secretário Executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Tércio Issami Tokano, apresentarão ao presidente do Tribunal, Ministro Luís Roberto Barroso, o planejamento da Operação Eleições Limpas que, dentre outras medidas, prevê a utilização de veículos aéreos não tripulados para monitorar eventuais irregularidades durante o pleito.

A Polícia Federal utilizará mais de 100 Drones. Os equipamentos atuarão em municípios estratégicos em todo o território Nacional. Os Drones irão sobrevoar as principais zonas eleitorais do país, ajudando a fiscalizar e combater crimes como boca de urna e transporte de eleitores.

Tais equipamentos trazem tecnologia de ponta e são capazes de voar em elevada altitude de forma imperceptível. Os Drones possuem câmeras capazes de realizar zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez. As imagens capturadas serão transmitidas a uma equipe da PF que estará preparada para monitorar a eleição e adotar as medidas cabíveis diante de atividades suspeitas. Assim, diante de algum flagrante de crime eleitoral, policiais se deslocarão, imediatamente, para o local indicado para prender os suspeitos, que serão conduzidos para a delegacia, onde serão tomadas as providências pertinentes. 

A ação vai ao encontro das orientações da Direção Geral da Polícia Federal, no sentido de utilizar novas tecnologias para prevenir e reprimir ações delituosas. O uso de Drones possibilita, ainda, diminuir a presença física dos policiais e o contato social com não envolvidos em situação criminosa, o que se torna extremamente relevante diante do cenário de medidas de distanciamento social para combater a epidemia do novo coronavírus. 

Com isso, a instituição visa cumprir seu mister constitucional, de polícia judiciária eleitoral, e mostrar que está preparada para combater os crimes eleitorais, garantindo um pleito seguro para que os cidadãos possam exercer o seu direito de sufrágio dentro da legalidade.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Bandidos rendem vigia e assaltam outra cooperativa de crédito em SC

Segundo a Polícia Militar, o crime foi por volta das 13 horas desta quarta-feira, dia 8.

Segurança

Um mês após descobrir traição em motel, marido perdoa esposa e compra carro novo para a mulher

Marido encontrou esposa no motel com outro homem, quebrou o carro dela com marretadas

Segurança

Operação da Polícia Civil e Receita Federal é realizada em BC contra pirataria

Ação cumpre 66 mandados de busca e apreensão em combate aos crimes contra a propriedade

Mais notícias

Brasil

Ladrão invade salão de beleza logo depois de postagem de influencer e rouba relógio que ela mostrava na rede social

Um homem invadiu um salão de beleza e roubou um relógio Rolex logo após ele aparecer em uma postagem de rede social no braço de um influenciadora digital. O caso aconteceu em São Paulo e […]

Brasil

Em confronto com a polícia, oito suspeitos de assaltar agências bancárias são mortos

No local em que houve a ação policial, teriam sido encontrados explosivos e armamentos de grosso calibre.

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup