keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia encontra drogas em residência com ajudar de cães farejadores

O responsável pela residência, um homem de 44 anos, com histórico de ocorrências policiais, foi preso em flagrante

X
Divulgação

A Polícia Civil localizou uma residência em que era praticado o tráfico de drogas, no Morro da Caixa, região Continental de Florianópolis. No local, houve a apreensão de cerca de 100 porções de maconha e crack, além de 13 porções de maconha. Foi na tarde de terça-feira (02), em ação da Delegacia de Combate às Drogas (DECOD/PCSC) e dos Núcleos de Operações Com Cães (NOC’s).

A operação foi realizada após informações da Delegacia de Polícia do Continente, que investigava um delito de apropriação indébita, no qual houve relato da residência em que estava ocorrendo o tráfico de drogas. Havia também informações anônimas que indicavam o local como sendo um ponto de comércio de drogas.

O responsável pela residência, um homem de 44 anos, com histórico de ocorrências policiais, foi preso em flagrante e encaminhado à Central de Plantão Policial da Capital.

Participaram da operação policiais civis da DECOD e dos NOCs de Florianópolis, São Lourenço do Oeste e Criciúma. As equipes estão reunidas na Capital para a realização da Operação Verão Seguro.

Denuncie

A Polícia Civil destaca a importância das denúncias anônimas realizadas por meio do aplicativo WhatsApp (48-98844-0011) e o disque-denúncia 181.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Idosa sai para ir a uma festa e é encontrada 10 dias depois em buraco pela família

Idosa saiu de uma festa de aniversário no dia 13 de fevereiro para ir para casa e caiu dentro de uma grota

Segurança

Foragido por dois homicídios é preso em Florianópolis

Captura ocorreu no início da madrugada de terça-feira (23) pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça

Mais notícias

Brasil

Auxílio emergencial e criptomoedas deverão ser declarados no Imposto de Renda

Saques emergenciais do FGTS também precisarão ser informados

Coronavírus

Começa distribuição de 3,2 milhões de doses da vacina contra covid-19

Chegada de mais imunizantes permitirá ampliar grupos prioritários