keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Polícia do Rio intima William Bonner e Renata Vasconcellos para depor

Depoimento dos apresentadores está marcado para quarta-feira (09)

X

Os apresentadores do Jornal Nacional, da TV Globo, William Bonner e Renata Vasconcellos, foram intimados a depor à Polícia Civil do Rio de Janeiro em uma investigação sobre suposta desobediência à decisão judicial que proibiu a emissora de divulgar informações a respeito da investigação do esquema de “rachadinha” (devolução de parte do salário) que, segundo o Ministério Público do Rio (MP-RJ), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) praticou enquanto era deputado estadual no Rio de Janeiro.

Em 4 de setembro, a juíza Cristina Serra Feijó, da 33ª Vara Cível do Rio de Janeiro, atendeu pedido do senador Flávio Bolsonaro e proibiu a TV Globo de exibir qualquer documento ou peça da investigação sobre o suposto esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio enquanto ele era deputado estadual no Rio. “Não tenho nada a esconder e expliquei tudo nos autos, mas as narrativas que parte da imprensa inventa para desgastar minha imagem e a do presidente Jair Messias Bolsonaro são criminosas”, publicou Flávio nas redes sociais, à época, justificando o pedido.

Na ocasião, a emissora parou de veicular reportagens sobre o tema e classificou a decisão como cerceamento à liberdade de informar, uma vez que a investigação é de interesse de toda a sociedade.

A defesa do senador Flávio Bolsonaro apresentou à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática) denúncia de que a TV Globo teria descumprido a ordem judicial, e o delegado Pablo Dacosta Sartori iniciou investigação sobre suposta “desobediência a decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito”.

Dentro da investigação, na última quarta-feira (2), determinou que os apresentadores do Jornal Nacional sejam intimados a depor na próxima quarta-feira, dia 9, na sede da DRCI, em Benfica (zona norte do Rio). Renata deve depor às 14h e Bonner, às 14h30. Se algum deles não comparecer, segundo a notificação, terá praticado crime de desobediência, punido com detenção de até seis meses e multa.

Procurada pela reportagem, a TV Globo informou que “não se manifesta sobre procedimentos legais em curso”. O Estadão perguntou à defesa de Flávio Bolsonaro em que momento o Jornal Nacional teria descumprido a ordem judicial, mas não recebeu resposta até a publicação desta reportagem

Fonte: Visor Notícias

Brasil

Funcionária de Lotérica guarda bilhete premiado de mais de R$6 milhões e entrega para apostador

A Lotérica Tupi funciona há 12 anos em Cruz Alta. Ao longo de mais de uma década, este foi o maior prêmio distribuído pelo local

Brasil

Avião fretado levará corpos de vítimas de acidente de ônibus para o Pará

O acidente ocorreu no km 668 da BR-376, em Guaratuba, na descida da Serra do Mar

Brasil

Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca

Laboratório quer garantir imunização antes da chegada de matéria prima

Brasil

Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena

Os números sorteados neste sábado foram 02, 09, 34, 49, 51, 55

Brasil

Estudantes fazem as provas de exatas do Enem neste domingo

Portões serão abertos às 11h30 e provas começarão às 13h30

Mais notícias