keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia diz que deputada Flordelis foi mandante da morte marido

Filho adotivo do casal teria comprado arma usada no crime

O inquérito da Polícia Civil que investiga o assassinato do pastor Anderson do Carmo concluiu que a mandante do crime foi a esposa dele, a deputada federal Flordelis.

De acordo com o delegado Allan Duarte, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSGI), no Estado do Rio de Janeiro, na primeira fase da investigação foi identificado como executor o filho biológico da deputada, Flávio dos Santos Rodrigues. O filho adotivo do casal, Lucas César dos Santos, foi apontado como a pessoa que comprou a arma utilizada no assassinato.

Na segunda fase da apuração, ainda segundo o delegado, novas provas e ações de inteligência constataram que Flordelis foi a mandante do homicídio. A investigação aponta como motivação principal a disputa de poder entre o casal e a emancipação financeira dela.

Nesta manhã, a polícia e o Ministério Público Estadual (MPRJ) realizam a Operação Lucas 12, que visa cumprir nove mandados de prisão e 14 de busca e apreensão contra onze envolvidos na morte do pastor. Os endereços são no Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo e em Brasília.

Parlamentar é indiciada

Flordelis foi indiciada pelo crime de homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, falsidade ideológica, uso de documento falso e organização criminosa majorada. Cópia do inquérito será encaminhado à Câmara dos Deputados para a adoção de medidas administrativas.

O pastor Anderson do Carmo foi assassinado no dia 16 de junho do ano passado, dentro da própria casa, no bairro Badu, em Niterói. Na ocasião, Flordelis relatou que o pastor teria sido morto durante um assalto, após o casal ter sido seguido por elementos suspeitos em uma moto. Ele foi atingido por tiros na garagem, quando retornou ao carro para buscar algo que tinha esquecido.

O delegado Allan Duarte dará mais detalhes da investigação em entrevista coletiva às 10h de hoje, na Cidade da Polícia, no Rio.

Segurança

Recém-nascido morre após 15 horas de trabalho de parto e família acusa hospital de negligência

Jovem afirma que teve uma gestação tranquila e que realizou exames de pré-natal

Segurança

Menina de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto

A mãe da menina, de 28 anos, também espera um bebê do homem

Segurança

Crânio humano é encontrado em calçada de cidade de SC

Um crânio humano foi encontrado preso a uma corda sobre uma calçada nas proximidades da rodoviária. O fato aconteceu em Zortéa, no Meio-Oeste de Santa Catarina, na manhã desta quarta-feira (20).

Segurança

Forte explosão atinge prédios no Centro de Madri

Neste momento, diversos membros da Polícia Nacional e as emergências estão na área que foi amplamente isolada

Mais notícias