keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia confirma que avião com empresários de SC caiu no mar na Argentina

Empresário da construção civil, advogado e um médico estavam no avião

A investigação do local da queda do avião com três brasileiros na Argentina ganhou um reforço importante. Desde a última sexta-feira, a Polícia Civil de Santa Catarina atua em conjunto com autoridades do país vizinho para ajudar na localização da aeronave que está desaparecida há oito dias. Uma das informações mais recentes repassadas pelos investigadores catarinenses é de que houve a queda no mar.

Nesta atuação, a corporação de SC enviou detalhes importantes que mudaram o rumo dos trabalhos de buscas em solo argentino. Uma delas foi o mapa desenhado pelos investigadores da Polícia Civil com a rota feita pelo avião até a queda na água.

As identidades dos três tripulantes foram confirmadas na última quinta (7) pela família de um deles. Tratam-se do empresário Antônio Carlos Castro Ramos, do ramo da construção civil de Florianópolis, do advogado Mário Pinho e do médico Gian Carlos Nercolini, conforme publicou o G1 SC.​

O delegado-geral da corporação em Santa Catarina, Marcos Ghizoni, confirma que os policiais civis estão ajudando nas investigações. Segundo ele, as coordenadas passadas estão sendo usadas para as buscas atuais que ocorrem na região de Chubut, onde há um aeroporto que os brasileiros teriam tentando pousar pouco antes de cair no mar.

Ghizoni, no entanto, não quis entrar em detalhes sobre os métodos de investigação utilizados para se chegar aos atuais resultados. O que a coluna apurou com outras fontes, no entanto, é que o sinal de dois celulares dos três ocupantes da aeronave ajudarama mostrar que o avião caiu 48 quilômetros à frente do local onde ocorriam as buscas anteriormente. O local anterior havia sido medido pela ausência de sinal de um dos radares existentes no avião.

Como tudo começou

A Polícia Civil de SC entrou nas investigações às 21h de sexta-feira (8). Foi quando familiares dos ocupantes do voo fizeram um boletim de ocorrência aqui no Estado. A partir disso, os investigações colocaram em prática as técnicas que Ghizoni evitou dar detalhes para não atrapalhar as diligências.

Pelo mapa desenhado pela Polícia Civil, depois de avançar por 48 quilômetros em direção ao aeroporto de Chubut, a aeronave teria feito uma conversão à esquerda, e depois outra à direita, antes de cair no mar. A queda teria ocorrido num local próximo à costa de Chubut. As buscas continuam nesta quinta-feira (14), desta vez com detalhes mais próximos de onde o avião estaria. As informações são da coluna Ânderson Silva/NSC.

Fonte: Ânderson Silva/NSC

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

São José interdita estabelecimentos comerciais irregulares

Operação promovida pela Fundação do Meio Ambiente visa regularizar atividades quanto ao alvará de funcionamento, regularidade CNPJ e licenças ambientais e acústicas

Segurança

Carreta tomba na BR-101 em Biguaçu e causa filas no Sentido Sul

Arteris Litoral Sul informou que trânsito segue com lentidão no sentido Florianópolis

Segurança

Morador de rua é preso suspeito de beijar a força e arrastar adolescente de 13 anos para terreno baldio em BC

A mãe da vítima conseguiu fotografar o suspeito, que foi encontrado pelos guardas

Segurança

Suspeito de atirar e atear fogo em jovem de 20 anos é preso

A vítima foi morta com um tiro e teve o corpo incendiado

Segurança

Incêndio em casa que seria demolida assusta moradores em Itapema

A casa estava desocupada para ser demolida, mas os pertences da família ainda estavam em seu interior. As causas do incidente ainda são desconhecidas. Veja no Vídeo do Visor Manhã

Mais notícias

Mundo

Autora de ‘Como matar seu marido’ é condenada por matar seu marido nos Estados Unidos

Nancy Brophy escreveu um ensaio sugestivo sobre o crime anos antes da morte do cônjuge

Mundo

FBI fez alerta sobre tendência de alta de ataques em massa na véspera de massacre no Texas

Veja números de mortes por armas nos EUA, onde há mais de um ataque em massa por dia.