keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia conclui investigação de assassinato por quatro tiros e 15 facadas em Balneário Camboriú

O crime ocorreu no dia 04/02/2021, no Bairro Vila Real, quando a vítima foi morta com 04 disparos de arma de fogo e 15 golpes de faca

X
Imagem Ilustrativa/Visor Notícias

Nesta quinta-feira (11), a Polícia Civil concluiu investigação e esclareceu um homicídio ocorrido em Balneário Camboriú. As apurações foram por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

O crime ocorreu no dia 04/02/2021, no Bairro Vila Real, quando a vítima foi morta com 04 disparos de arma de fogo e 15 golpes de faca.

As investigações apuraram que o crime foi motivado por uma desavença relacionada a uma transação envolvendo drogas. Também, verificou-se que o autor não agiu sozinho, contando com a participação da sua companheira, a qual também foi indiciada.

O indiciado foi preso no dia 18/02/2021, na cidade de Terra de Areia no Rio Grande do Sul, em virtude do deferimento de mandado de prisão temporária. Durante o cumprimento do mandado de prisão, ele foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, razão pela qual encontra-se preso até o presente momento.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Identificado motorista que foi morto a tiros durante perseguição em Porto Belo

Carlos Cezar Favero da Silva, conduzia um Renault/Sandero que foi alvejado com mais de 15 tiros

Segurança

Morre motorista que foi perseguido e baleado por atirador em Porto Belo

Perseguição foi registrada em diversos pontos de Porto Belo

Segurança

Influenciadora grava vídeo pouco antes de morrer em acidente

Veículo chegou a marcar 116 km/h; três pessoas morreram

Segurança

Bicho estranho encontrado em árvore que assustou moradores era um croissant

Moradores acionaram especialistas com medo do tal bicho estranho

Mais notícias

Geral

Mulher encontra cobra venenosa dentro de saco de alface

Produto foi comprado em uma rede de supermercado

Segurança

Identificado motorista que foi morto a tiros durante perseguição em Porto Belo

Carlos Cezar Favero da Silva, conduzia um Renault/Sandero que foi alvejado com mais de 15 tiros