keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia Civil faz operação contra laboratório clandestino e em casa de prostituição

Na manhã desta segunda-feira (03), a Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação Criminal (SIC) da Delegacia de Polícia do Continente, deflagrou as operações PHARMACO e LUPANARIUM, visando coibir a venda de medicamentos oriundos de laboratórios clandestinos, o tráfico de drogas, a exploração de casa de prostituição, o rufianismo e o furto de energia elétrica. A ação contou com o apoio da Delegacia de Combate às Drogas (DECOD), da 5ª Delegacia de Polícia e Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) da Capital e da 1ª Delegacia de Polícia de São José.

As investigações apuraram a prática dos delitos de tráfico de drogas, comercialização de medicamentos oriundos de laboratórios clandestinos, comercialização de medicamentos controlados sem receita, furto de energia elétrica mediante fraude, exploração de casa de prostituição e lenocínio. Ao todo já foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão, com o intuito de apreender materiais ilícitos e colher maiores elementos de informação acerca da participação de cada alvo com a prática de ilícitos. Até o começo da tarde, as buscas resultaram na apreensão de uma Range Rover, uma BMW, um Jetta, uma motocicleta Yamaha/R1 e de diversos anabolizantes. A Operação LUPANARIUM surgiu do desdobramento das investigações iniciais, tendo em vista que um dos investigados estaria envolvido com a abertura de uma casa de prostituição no bairro Balneário, em Florianópolis. O local foi identificado e no seu interior confirmada a prática de lenocínio e furto de energia elétrica.

Segurança

Polícia cumpre buscas em SC e RS e prende membros de quadrilha de estelionatários

A operação foi coordenada pela Delegada de Polícia Carolina Surita Wojahn, da 8ª DP, e teve como objetivo desmantelar uma quadrilha de estelionatários que agia na região norte da Ilha

Segurança

Revoltante: Cães comunitários de Balneário Camboriú e Itajaí são envenenados

Qualquer informação de quem possa ter envenenado os cachorros pode ser reparadas para os número 47 9 9650 7444 ou 9 9930 9583

Segurança

Mãe e dois filhos eram mantidos em cárcere privado em Balneário Camboriú

A mulher de 21 anos estava com um bebê de sete meses e uma criança de dois anos

Segurança

Homem preso por morte de bebê será indenizado em R$80 mil pelo Estado de Santa Catarina

A criança foi encontrada morta em um tanque de batismo de uma igreja evangélica na cidade de Joinville em março de 2019

Segurança

Assassino é preso em Balneário Camboriú

Durante a abordaram, os guardas constataram que o mesmo possuía um mandado de prisão pelo crime de homicídio

Mais notícias