keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Polícia Civil de SC participa da ação nacional em combate à violência contra criança e adolescente

A ação visa o combate à violência contra a criança e o adolescente

A Polícia Civil de Santa Catarina participa da operação nacional “Acalento” coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e realizada pelo País. Em Santa Catarina, a mobilização acontece desde o dia 12 de junho de 2022. A ação visa o combate à violência contra a criança e o adolescente.

No Estado, os números parciais da Coordenadoria das Delegacias de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMIs/PCSC), que incluem dados desde o dia 12 de junho, apontam neste período o cumprimento de 10 mandados de prisão, a realização de 139 ações preventivas (visitas e diligências policiais), 123 procedimentos policiais (BOs lavrados em casos de vítimas menores) e 33 autos de prisão em flagrante lavrados. Também houve a instauração e a conclusão de inquéritos policiais, 200 medidas protetivas solicitadas, 659 vítimas atendidas, palestras e panfletagens. A ação alcançou 53 municípios desde o dia 12 de junho. Dados finais serão computados ao longo do dia.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Homem é preso furtando caminhão em Porto Belo

Prisão ocorreu às margens da BR-101

Segurança

Irmãos traficantes são detidos pela polícia em Itapema

O homem que foi flagrado com a droga afirmou que a maconha pertencia ao outro, que é seu irmão menor de idade

Segurança

Pedófilo europeu de 77 anos procurado internacionalmente é preso em SC

O abuso sexual contra a criança ocorreu em 2019 e o idoso era procurado pela Justiça portuguesa desde então

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)

Segurança

Homem que tentou matar esposa por não aceitar separação e divisão de bens é condenado

Em sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Braço do Norte, o réu foi sentenciado a 10 anos e oito meses, em regime inicial fechado, por tentativa de feminicídio qualificado por motivo fútil e emboscada.

Mais notícias

Segurança

Homem é preso furtando caminhão em Porto Belo

Prisão ocorreu às margens da BR-101

Geral

Equipamentos operacionais permanecerão no Porto de Itajaí durante processo de desestatização

Garantia foi dada pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, durante reunião em Brasília