keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

PIB de Santa Catarina avança acima da média nacional e chega a 9%

Santa Catarina ocupa um das melhores posições de crescimento econômico no cenário nacional

X
Foto: Secom/Divulgação

Santa Catarina, já consolidada a segunda economia mais competitiva do país, alcançou um dos melhores índices da história do estado, balizado pelo Produto Interno Bruto estadual, que passou de um crescimento de 2.9% para 9% nos doze meses encerrados em junho.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que o PIB brasileiro passou de uma retração de 3,8% em 12 meses até março, em relação ao mesmo período anterior, para um crescimento de 1,8%, na mesma comparação até junho. Com isso, Santa Catarina ocupa um das melhores posições de crescimento econômico no cenário nacional.

Os dados divulgados nesta sexta-feira, 3, estão no Boletim de Indicadores Econômico-Fiscais de Santa Catarina, uma publicação on-line e mensal da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), compartilhando dados quantitativos e qualitativos do desempenho da economia catarinense.

“Os indicadores oficiais, como o do IBGE e o do Ministério da Economia, atestam que nossos índices estão entre os melhores do país. Nosso desafio é manter Santa Catarina com números acima da média nacional. Já fomos contemplados com a terceira maior taxa de geração de empregos do Brasil, atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais. E agora essa informação de que o PIB nacional sofre uma retração, enquanto o de Santa Catarina cresce mais de seis pontos percentuais. É comemorar e manter o trabalho”, festejou o governador Carlos Moisés.

“Este crescimento relevante do PIB estadual, onde saímos de 2.9% para 9%, demonstra que a economia catarinense se descolou da nacional e desponta como as de maior crescimento no país. Sua competitividade e atestada resiliência vêm se traduzindo em produção crescente. Com isso, temos sido a primeira opção para instalação de novas empresas e consequentemente os níveis de emprego vem crescendo em todas as regiões”, avaliou o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon.

Crescimento dos setores

Segundo dados divulgados pelo IBGE, Santa Catarina teve o maior crescimento no volume de serviços nos últimos doze meses encerrados em junho, relativos ao mesmo período anterior, quando comparado com os doze maiores estados produtores de serviços. Cresceu 8,4% frente a uma média nacional de 0,4%. Na indústria de transformação, nessa mesma comparação, Santa Catarina cresceu 15%, enquanto a média do País foi 7,7%. No varejo ampliado, o crescimento foi 10,7% no Estado e de 7,9% no País. Esta performance econômica refletiu na evolução do PIB estadual, estimado pela SDE, conforme explica o economista Paulo Zoldan.

“Santa Catarina se destaca na segurança pública (1ª posição), na Sustentabilidade Social (1ª) e na Eficiência da Máquina Pública, sendo o primeiro do País nesta avaliação. Estes dados também explicam a posição de destaque que o estado vem apresentando na economia, mesmo diante de um cenário desafiador, em especial, no primeiro semestre de 2020, com a auge da pandemia. A partir do segundo semestre do ano passado, os indicadores de produção passaram a exibir um crescimento mais sustentado e disseminado entre seus segmentos. Grande parte deles manteve taxas de crescimento que se situaram entre as maiores do País”, avaliou.

O Boletim de Indicadores Econômico-Fiscais de Santa Catarina de setembro apresenta uma análise de todos os setores econômicos do Estado e está disponível aqui.

Fonte: Visor Notícias

Economia

Gasolina mais barata do Brasil: Procon faz posto vender combustível a preço de custo em SC

Procon vai penalizar outros postos e obrigar estabelecimentos a vender gasolina por 24 horas a preço de custo

Economia

Gasolina e gás de cozinha aumentam de novo; Preço do botijão já chega há R$ 130

Mesmo sem a Petrobras aumentar o preço do produto nas suas refinarias, já soma alta de mais 5%

Economia

Setor de serviços cresce 17% em SC no acumulado do ano, aponta IBGE

O crescimento catarinense foi o quarto maior entre todos os estados. A média nacional ficou em 10,7%

Economia

Porto Belo tem 3ª melhor gestão em finanças de Santa Catarina

Índice avalia questões como autonomia, gasto com pessoal, capacidade de investir e investimentos em educação e saúde

Economia

Salário mínimo terá aumento de apenas R$ 69,00 em 2022, propõe governo Bolsonaro

A explicação para esse reajuste é o impacto da inflação de 2021.

Mais notícias

Famosos

Influencer Virgínia Fonseca anuncia pausa nas redes sociais após morte do pai

Influenciadora contou que está bastante abalada pela perda de Mário Serrão, de 72 anos

Tempo

Chuva de granizo é registrada na Serra em Santa Catarina

Neste domingo (19), moradores de Lages, na Serra Catarinense, registraram chuva de granizo. O fato ocorreu no bairro Sagrado Coração Jesus. A moradora Ieda Barroso, relatou que a chuva intensa foi de cerca de 15 […]