keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

PF investiga grupo que fraudava auxílio emergencial

Operação Resiliência tem a participação de 80 policiais

X
Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (18) a Operação Resiliência, em Brasília, com o objetivo de “desmantelar uma “organização criminosa especializada no cometimento de fraudes no auxílio emergencial”, criado pelo governo federal.

Segundo os investigadores, há indícios de que o grupo tem envolvimento com outras práticas criminosas, como tráfico de drogas e fraudes com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e com benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Cerca de 80 policiais estão cumprindo, neste momento, 14 mandados de busca e apreensão. De acordo com a PF, as investigações tiveram início após a identificação de criminosos que recebiam o auxílio, criado com o objetivo de assegurar uma renda mínima para a população durante a pandemia do novo coronavírus, de forma fraudada.

Além de usar os próprios nomes, os suspeitos usavam nomes de outras pessoas para se beneficiar da fraude, dando a elas um percentual do valor recebido.

“Até o momento, cinco pessoas foram presas em flagrante, duas pelo crime de tráfico ilícito de entorpecentes e três por posse ilegal de arma de fogo”, informou a PF em nota.

Fonte: Agência Brasil

Brasil

Acidente entre caminhão e ônibus deixa 41 mortos em São Paulo

Um acidente gravíssimo entre um ônibus e um caminhão deixou dezenas de mortos na manhã desta quarta-feira (25) na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre as cidades de Taguaí e Taquarituba, no interior de São […]

Brasil

MJ leiloa 434 cabeças de gado usado para lavagem de dinheiro

Expectativa é arrecadar cerca de R$ 1 milhão com a venda

Brasil

Ministério da Saúde lança campanha de combate ao Aedes aegypti

Mosquito é transmissor da dengue, zika e chikungunya

Brasil

Candidatos infectados por Covid-19 terão nova chance de fazer Enem

Na lista de reaplicação do exame há outras doenças infectocontagiosas

Brasil

Morreu Francisco, pai da dupla Zezé di Camargo e Luciano, aos 83 anos

Em nota, a assessoria da dupla sertaneja se referiu a Francisco como um homem simples, que deixou um grande exemplo de superação com um legado de honestidade

Mais notícias