keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

PF deflagra operação de combate ao tráfico de drogas sintéticas em SC

As investigações apontaram que os investigados, que se passavam por empresários, atuavam promovendo a compra injustificada de produtos químicos precursores da fabricação de drogas sintéticas

X
Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal, com apoio da Receita Federal e da Polícia Militar de Santa Catarina (PM/SC), deflagrou nesta manhã (16/6) a operação “Rota do Espantalho”, para desmantelar uma associação criminosa, instalada no litoral norte de Santa Catarina, voltada à prática do crime de tráfico de drogas sintéticas para venda em eventos no Estado e fora dele.

Cerca de 80 policiais federais estão cumprindo 16 mandados de busca e 6 mandados de prisão temporária, nos estados de Santa Catarina e Paraná, em 5 cidades: Florianópolis/SC, Joinville/SC, Balneário Camboriú/SC, Curitiba/PR e São José dos Pinhas/PR. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal da Justiça Estadual em Joinville/SC e, no cumprimento, estão sendo utilizados cães farejadores da PM/SC.

As investigações apontaram que os investigados, que se passavam por empresários, atuavam promovendo a compra injustificada de produtos químicos precursores da fabricação de drogas sintéticas, como tricloroetileno, ácido clorídrico, helional, isopropanol e outros. As substâncias eram adquiridas em duas lojas de produtos químicos de Joinville e em seguida eram levadas para laboratórios clandestinos, onde eram empregadas na fabricação de drogas como ecstasy e MDMA em grandes quantidades.

Durante os trabalhos de investigação, que começaram em junho de 2020, a Polícia Federal desmantelou três laboratórios clandestinos de drogas sintéticas, um em São José dos Pinhais/PR, um em Camboriú/SC, e o terceiro em São Francisco do Sul/SC, promovendo a prisão em flagrante de 6 pessoas. Em apenas um dos laboratórios desativados foram encontradas substâncias químicas capazes de produzir 290 mil comprimidos de ecstasy.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico (Lei n. 11.343/06), cujas penas máximas somadas chegam a 25 anos de reclusão. Os presos serão conduzidos às sedes da PF em Joinville e Itajaí, onde serão interrogados e, posteriormente, levados ao presídio regional de Joinville, onde ficarão recolhidos à disposição da Justiça.

Às 10h30m, será concedida entrevista coletiva na Delegacia da PF em Joinville, com a participação da Receita Federal, a Rua José Elias Giuliari, n° 72 – Bairro Boa Vista.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Caminhão que transportava casa de madeira se envolve em acidente no RS

Condutor do caminhão não tinha autorização nem sinalização adequada para realizar o transporte

Segurança

“Não corre senão eu te mato”; vídeo flagra ação de assaltante em mercado de Joinville

O prejuízo para o dono do estabelecimento foi de R$ 400 reais só em dinheiro, além das bebidas levadas

Segurança

O que se sabe sobre o caso do corpo encontrado sem cabeça em SC

Vítima ainda não foi identificada oficialmente e a confirmação só será possível após exame de DNA

Segurança

Vice-governador do Mato Grosso é indiciado após espancar esposa em Itapema

Vice-governador já foi indiciado por ter agredido a esposa durante as férias

Segurança

PF faz operação contra empresas de BC e Itajaí que sonegaram mais de R$ 15 milhões

Imóveis e carros de luxos foram apreendidos pela Polícia Federal nesta quarta-feira

Mais notícias

Geral

Lago seca na Bolívia e cientistas temem que nunca mais volte a encher

O Lago Poopó, na Bolívia, já foi fonte de vida para os habitantes locais que pescavam em suas águas abundantes e cultivavam ao longo de suas margens. Agora, é um deserto. Cientistas dizem que o […]

Geral

Cesta básica tem segunda queda de preços do ano em Itajaí

A pesquisa anotou os valores de 40 itens em 16 estabelecimentos da cidade na primeira semana do mês de agosto.