keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Pedidos de recuperação judicial registram menor quantidade desde 2013

Em novembro, foram notificadas 52 solicitações, diz Serasa Experian

X

O país registrou, em novembro, 52 pedidos de recuperação judicial, o menor número desde novembro de 2013, quando foram registradas 51 requisições. Em comparação ao mesmo mês de 2019, a queda foi de 54,5%. Os dados, divulgados hoje (11), são da Serasa Experian. A queda está relacionada à nova lei de falências aprovada pelo Senado no final de novembro.

As micro e pequenas empresas foram as que mais solicitaram recuperação em novembro, com 31 pedidos. As companhias de porte médio (16) e grande (5) aparecem na sequência. Segundo a Serasa,  a redução no volume de pedidos de recuperação judicial se deve a uma série de incentivos dados às empresas no período de pandemia de covid-19, além da recente mudança na lei.

“Antes de partir para um pedido de recuperação judicial, os negócios buscaram alternativas com os credores, aumentando prazos e novas linhas de crédito, por exemplo. Além disso, houve a aprovação de uma nova lei que tem como objetivo tornar os processos mais eficientes, portanto muitas pessoas jurídicas estão aguardando esta definição para seguir com as requisições”, destacou o economista da Serasa Experian Luiz Rabi.

O Senado aprovou no final de novembro o projeto de lei que reformula a Lei de Falências. O projeto amplia o financiamento a empresas em recuperação judicial, permite o parcelamento e o desconto para pagamento de dívidas tributárias e possibilita aos credores apresentar plano de recuperação da empresa.

De acordo com o texto, se autorizado pelo juiz, o devedor em recuperação judicial poderá fazer contratos de financiamento, inclusive com seus bens pessoais em garantia, para tentar salvar a empresa da falência.

O projeto de lei também estende prazos para pagamento de dívidas tributárias e proíbe qualquer tipo de penhora ou busca e apreensão durante a fase de recuperação judicial.

Fonte: Visor Notícias

Economia

Safra de uva está com frutos de boa qualidade e colheita antecipada em SC

Com menor quantidade de chuva, os parreirais ficaram mais sadios e demandaram menos pulverizações.

Economia

SIME tem 145 vagas de emprego disponíveis em Balneário Camboriú

O Sistema Municipal de Empregos de Balneário Camboriú (SIME) divulga nesta semana 145 vagas de emprego cadastradas. No total, oito vagas são femininas, 132 masculinas e cinco gerais.

Economia

Descubra cinco dicas para economizar nas compras de materiais escolares

O ano letivo começa em fevereiro para as escolas estaduais e municipais de Santa Catarina; compras em grandes varejistas podem garantir economia

Economia

Tarifa de importação de pneus para transporte de cargas é zerada

Imposto de 16% será retirado para diminuir custos para caminhoneiros

Economia

Sine tem 3879 vagas em diversas cidades de SC

Para consultar as vagas disponíveis na sua cidade, basta acessar o aplicativo Sine Fácil

Mais notícias