keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Palácio do crime de traficante catarinense é invadido pela polícia no Paraguai

Ele teria fugido da residência com ajuda de seguranças

O suposto traficante Lindomar Reges Furtado, alvo da operação de combate ao tráfico deflagrada nesta terça-feira (15), pela Polícia Federal e a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) é brasileiro e tinha uma ordem judicial para não ser preso. Natural de Maravilha, cidade do Oeste catarinense, ele teria fugido da residência com ajuda de seguranças. 

Desde 2021 o juiz Carlos Vera Ruíz, de Cidade Del Leste, já tinha concedido habeas corpus preventivo a Lindomar. A casa dele foi visitada por agentes da Secretaria Nacional Antidrogas, porém, cerca de 20 guardas os impediram de entrar de fato na residência, o que resultou na prisão de todos. Com esse impedimento, o suposto traficante acabou ganhando tempo para fugir. A justificativa sobre já obter o habeas corpus, segundo informações policiais, é de que Lindomar era vítima de extorsão por parte da polícia, no entanto, ele já estava sob investigação há dois anos, no âmbito da operação Turf.

Há dois anos a Polícia Federal iniciou a investigação, com a ajuda da DEA dos Estados Unidos e a colaboração das forças de segurança francesas, Marrocos, Bélgica e Espanha, já que os tentáculos desta rede chegavam àqueles lugares com grandes cargas de cocaína que saíam da Bolívia e do Peru.

Furtado foi uma pessoa muito importante nesse esquema criminoso e por isso seria capturado. Ele possui 67 processos abertos no Brasil ligados ao tráfico de drogas. Na operação, um homem identificado como Marcus Vinicius, também brasileiro, foi preso.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM

Segurança

Polícia Civil prende homem que estava foragido por tráfico de drogas em Tubarão

O homem foi preso ainda em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo

Segurança

Adolescente ameaça cometer atentado em escola de SC

O jovem é diagnosticado com transtorno mental e foi identificado e medicado

Mais notícias

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM