keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Pai foge com a filha após bater na mãe e caso mobiliza polícia em Santa Catarina

'Quero minha filha de volta', diz mãe de menina que foi levada pelo pai em SC

X

Após agredir a esposa com socos durante a madrugada de sábado (05), o marido de Débora Daniela Evangelista, de 37 anos, fugiu da casa levando a filha do casal de cinco anos. O fato ocorreu no bairro Vila Lalau, em Chapecó. A menina está de aniversário neste sábado. A mãe da criança está desesperada e já comunicou o caso na Polícia Civil e também na Polícia Rodoviária Federal (PRF), já que existe a possibilidade de ter fugido sentido ao Mato Grosso ou Paraguai, onde tem familiares. “Eu estou desesperada, eu só quero minha filha de volta, eu não posso ficar sem ela”, fala.

Débora viu, nos primeiros minutos do dia do aniversário da filha, o companheiro colocá-la dentro do carro, fechar tudo e arrancar “cantando pneu”, pelas ruas. Ela conta que tudo começou por volta de 00h30, quando ela foi agredida enquanto dormia. “Eu estava dormindo porque estava cansada, tinha trabalhado o dia inteiro e, de repente, ele me deu um soco, apertou meu pescoço e dizia que iria me matar. Eu consegui levantar, colocar um roupão e correr para a rua”, conta

Ela lembra, ainda, que os filhos mais velhos tentaram ajudar e também foram agredidos. Eles acionaram a polícia, mas não houve tempo para impedi-lo. “Eu corri para a rua, algumas pessoas vieram ajudar porque ele disse que iria me matar. Nisso, ele colocou a pequena no carro e fugiu com ela, saiu em alta velocidade. Eu não consegui defender minha filha”, lembra.

Débora conta que o companheiro já havia a agredido em outras situações, mas que sempre alegou arrependimento e que “mudaria”. “Ele falava que o dia que se cansasse, iria embora, fugiria com a menina e ninguém pegaria ela”, diz.

Os dois estão juntos há 10 anos e ela conta que o companheiro tem família no Mato Grosso do Sul e no Paraguai, para onde ela acha que ele pode ter levado a filha. Após registrar boletim de ocorrência na manhã deste sábado, Débora acionou o seguro do carro, na tentativa de rastrear o veículo, além disso tentou encontrá-lo na casa de familiares em Schroeder, mas não teve sucesso. Segundo a mãe, Amanda estava com um vestido azul escuro com desenhos. “O medo é de ele nunca mais devolver minha filha, de nunca mais ver ela. Estou desesperada, eu só quero minha filha de volta, não posso ficar sem ela”, lamenta.

Fonte: ND+

Segurança

Polícia Civil localiza corpo de homem desaparecido e faz prisões em Laguna

Após as investigações preliminares, constatou-se que o homem teria vindo para Laguna ainda madrugada de 1º de janeiro.

Segurança

Namorado ameaça jogar carro em precipício na Serra do Rio do Rastro e mulher se joga do veículo em movimento

Ele teria afirmado à vítima que se ela não ficasse com ele, "não ficaria com mais ninguém"

Segurança

Jovem que andava de calcinha pelas ruas de Itajaí faz acompanhamento psicológico

A gerente do Caps AD informou que ele deve passar por mais avaliações, a fim de chegar a um diagnóstico.

Segurança

Bombeiros atendem ocorrência de deslizamento e precisam convencer família a deixar residência em Canelinha

Uma lona plástica foi colocada na área que sofreu o deslizamento para tentar conter a absorção de água pelo solo

Mais notícias