keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Paciente é detido pela polícia depois de depredar porta de hospital em Blumenau

Por volta das 1h40, a Polícia Militar foi chamada. O homem de 22 anos foi detido e levado à delegacia

X

Um homem foi preso na madrugada desta terça-feira (2) após causar depredação no Hospital Santo Antônio, em Blumenau. Segundo a unidade, o paciente estava no Pronto-Socorro quando repentinamente começou a força uma porta interna para abri-la.

Por volta das 1h40, a Polícia Militar foi chamada. O homem de 22 anos foi detido e levado à delegacia. Ainda conforme o hospital, os profissionais plantonistas não entenderam o que motivo a atitude, pois o paciente já recebia atendimento.

Na manhã desta terça (2) a porta precisou ser removida pela equipe de manutenção do hospital para conserto.

Fonte: ND+

Segurança

Polícia Civil realiza maior ação de combate a crimes de violência contra a mulher do Brasil

A operação integrada teve início no dia 1º de janeiro de 2021 em todo o Brasil.

Segurança

Denúncias de violência contra a mulher somam 105,6 mil em 2020

Do total de registros, 72% (75.753 denúncias) são referentes à violência doméstica e familiar contra a mulher

Segurança

Cerca de R$18 mil em desodorantes contrabandeados são apreendidos no Oeste de SC

Em vistoria veicular foi constatado que o automóvel estava carregado com 100 caixas de desodorantes

Segurança

Policial de folga presencia roubo, persegue ladrão e realiza prisão na Grande Florianópolis

O policial civil então conseguiu abordar o assaltante no centro histórico de São José.

Segurança

Membros de facção criminosa são condenados a penas que ultrapassam 150 anos em Blumenau

As penas impostas variaram entre 11 anos até 15 anos de reclusão em regime inicialmente fechado.

Mais notícias

Segurança

Polícia Civil realiza maior ação de combate a crimes de violência contra a mulher do Brasil

A operação integrada teve início no dia 1º de janeiro de 2021 em todo o Brasil.

Segurança

Denúncias de violência contra a mulher somam 105,6 mil em 2020

Do total de registros, 72% (75.753 denúncias) são referentes à violência doméstica e familiar contra a mulher