keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Os seguros de vida estão mais acessíveis e próximos das famílias brasileiras

A pandemia fez com que as pessoas pensassem mais no risco de morte ou invalidez permanente. Isso levou a um aumento nas contratações de seguros de vida que ainda não cessou. Segundo dados da Superintendência […]

A pandemia fez com que as pessoas pensassem mais no risco de morte ou invalidez permanente. Isso levou a um aumento nas contratações de seguros de vida que ainda não cessou. Segundo dados da Superintendência de Seguros Privados (Susesp), até este momento do ano, houve aumento de 11,4% na contratação de seguros de vida em relação ao mesmo período de 2021. 

Segundo levantamento realizado pela Revista Apólice, os principais medos das pessoas que contratam seguros de vida são os de morrer e deixar a família desamparada ou sofrer uma permanente perda de renda devido a complicações de uma doença. Há diferentes opções no mercado de acordo com as necessidades do cliente. Para José Carlos Macedo, CEO da Assegurou, plataforma digital de seguros, é importante que os clientes tenham acesso a um leque amplo de opções entre as quais possam escolher o que preferem e contratar de forma 100% online. 

Não adianta tentar dizer ao cliente o que ele quer. É mais produtivo que a corretora possa servir como um conselheiro bem-informado que possa explicar como funciona cada cobertura e para que perfis ela é mais útil. 

Nos primeiros meses de 2022, a procura por seguros de vida entre os jovens cresceu mais de 120%. “Isso foi algo que não me surpreendeu”, afirma o CEO da Assegurou. “Os jovens são justamente aqueles que têm ou começam a ter responsabilidades familiares e profissionais, mas ainda não tem patrimônio formado com que fazer frente a surpresas.” Para eles, pensa Macedo, o seguro de vida, que reúne os recursos de várias pessoas para amenizar os riscos, é o jeito mais prático de lidar com problemas que não podem ser previstos ou evitados, como acidentes ou doenças. 

Uma das vantagens do seguro de vida é que ele é pago ao beneficiário. De fato, ele é um auxílio certo e relativamente rápido quando as famílias geralmente mais precisam. 

Cabe lembrar também que seguros de vida fazem mais do que ajudar a família de quem falece. O contratante pode, em vida, beneficiar-se do seguro em caso de acidentes que o impeça de exercer sua ocupação principal ou em caso de despesas de saúde como internações. Especialmente em cenários econômicos complicados como o que o Brasil vem experimentando, isso pode fazer uma diferença significativa. 

Os especialistas advertem, porém, que é importante que os interessados em contratar seguros de vida ou plano de saúde estudem minuciosamente as opções disponíveis. Pouco adianta contratar um plano sem as opções que o interessam. Além de estudar os benefícios disponibilizados pelos diversos planos no mercado, é importante pesquisar preços e a reputação dos operadores. 

Também é muito importante que o interessado estude sob que condições o plano é oferecido. Por exemplo, algumas apólices permitem que a operadora unilateralmente cancele ou recuse a renovação do benefício desde que ela avise o contratante previamente. Não é preciso dizer a irritação que isso causa a quem pagou um plano por anos, talvez décadas. 

Embora seja esperado que nunca precise acionar os seguros de vida, estes oferecem muitas vantagens e são uma forma de garantir o respaldo de pessoas amadas. É importante que o interessado não veja o seguro como investimento financeiro. O seguro é uma maneira de combinar recursos coletivos para fazer frente a incertezas. O objetivo da contratação do seguro é servir de uma proteção contra situações para as quais seria inviável ou muito custoso que o contratante (ou o beneficiário) se preparasse sozinho.   

Mais sobre o seguro de vida em: https://assegurou.com.br/seguro-vida 

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Menina de BC luta contra o tempo e precisa de R$100 mil para cirurgia

CONTRIBUA CLICANDO AQUI Uma menina de 11 anos, moradora de Balneário Camboriú, precisa de ajuda para arrecadar R$100 mil e poder levar uma vida normal. Geovana luta contra uma escoliose agressiva e dolorosa. O desvio […]

Geral

Atropelado em rally de velocidade, espectador será indenizado após amputação da perna

A recente decisão é do juízo da 2ª Vara Cível da comarca de Itajaí, na região do Vale do Itajaí

Geral

Escola de cães-guias de BC precisa de famílias socializadoras e doações

Instituto Hellen Keller completou 22 anos de atuação em Balneário Camboriú e já formou inúmeros cães-guias

Geral

Morre aos 108 anos o policial mais velho de Santa Catarina

Natural da cidade de Florianópolis, Osvaldo começou a trabalhar em 1944 e foi para a reserva em 1967

Geral

Tempestade de causou destruição no RS avança para Santa Catarina

A chuva deve permanecer em Santa Catarina até quinta-feira (18). A partir daí, a previsão é de frio intenso pelo estado

Mais notícias

Cidades

Itapema realiza audiência para apresentação da LDO 2023

A reunião aconteceu nesta segunda-feira (15/08) auditório da Prefeitura de Itapema

Cidades

Vereador Xepa pede brinquedos para crianças com deficiências nos parques de Itapema

O vereador se une à uma luta de muitas mães de filhos e filhas especiais