keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Operação nacional prende suspeitos de homicídio e feminicídio em cidades catarinenses

O Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) atua no monitoramento em tempo real da operação direto de Brasília

A Polícia Civil de Santa Catarina participa de uma operação nacional nesta terça-feira (28). A Cronos II , que busca prender autores de homicídio e feminicídio. Em Santa Catarina, os trabalhos ocorrem em cidades como Florianópolis, Araranguá, Criciúma, Balneário Camboriú e Palhoça. Pelo menos quatro pessoas foram presas e drogas apreendidas.

A operação Cronos II acontece em 21 Estados e no Distrito Federal e tem o apoio do Ministério de Justiça e Segurança Pública. O Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) do Ministério atua no monitoramento em tempo real da operação direto de Brasília.

Essa é a segunda operação Cronos deflagrada. Em agosto de 2018, 58 suspeitos foram presos e três adolescente apreendidos durante o cumprimento de mandados em 35 cidades catarinenses. O nome Operação Cronos II é uma referência à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime.

Segurança

Identificado motorista que foi morto a tiros durante perseguição em Porto Belo

Carlos Cezar Favero da Silva, conduzia um Renault/Sandero que foi alvejado com mais de 15 tiros

Segurança

Morre motorista que foi perseguido e baleado por atirador em Porto Belo

Perseguição foi registrada em diversos pontos de Porto Belo

Segurança

Influenciadora grava vídeo pouco antes de morrer em acidente

Veículo chegou a marcar 116 km/h; três pessoas morreram

Mais notícias