keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Operação ‘Mecanismo Verde’ cumpre mandados em SC

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou na manhã desta quinta-feira (05) a Operação “Mecanismo Verde” para cumprir 35 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em Florianópolis, Balneário Camboriú (01), São José e […]

X

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou na manhã desta quinta-feira (05) a Operação “Mecanismo Verde” para cumprir 35 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em Florianópolis, Balneário Camboriú (01), São José e em Londrina (02), no Paraná.

A ação é da Delegacia de Repressão a Crimes Ambientais (DRCA) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC). Trata-se de investigação para apurar a atuação de organização criminosa envolvendo em tese construtores civis, agentes políticos e servidores públicos municipais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Planejamento e Desenvolvimento Urbano (SMDU), da Secretaria Municipal da Fazenda e da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FLORAM), os quais são suspeitos de articular mecanismo de corrupção para viabilizar as construções irregulares e ocupação desordenada do solo urbano em Florianópolis.

A investigação começou em 2019. Os crimes investigados são organização criminosa, corrupção, crimes ambientais, parcelamento irregular do solo urbano, crimes contra a economia popular e outros, ocorridos desde o ano de 2018.

A Capital do Estado tem um histórico de construção de loteamentos irregulares e de exploração imobiliária irregular, sustentada por supostas fraudes e suspeitas de corrupção nas atividades investigadas.

Essa atuação ilegal, além de acarretar sérios danos ao meio ambiente, proporciona um crescimento desordenado e um prejuízo imensurável à sociedade, pois o planejamento urbano e os serviços sociais disponíveis não acompanham o crescimento populacional, gerando bolsões de pobreza, ausência de saneamento básico e aumento da criminalidade. 

Além disso, adquirentes dos imóveis irregulares são ludibriados com a falsa promessa de futura regularização e individualização dos imóveis prometidas por corretores de imóveis e construtores, em servidões muitas vezes sequer reconhecidas oficialmente pelo próprio poder público municipal. Participaram da operação 120 policiais civis da DEIC, de Balneário Camboriú, da Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis (DPGF) e policiais civis da PC-PR de Londrina.

Segurança

Suspeita de participar de assalto em Criciúma é presa em São Paulo

A mulher foi presa por crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de armas de fogo pela Poícia Civil

Segurança

Investigação aponta que quadrilha ficou em Criciúma por três meses para planejar assalto

As primeiras investigações em busca da quadrilha que assaltou uma agência do Banco do Brasil em Criciúma na madrugada de terça-feira (1º) indicam que os criminosos ficaram na cidade no Sul de SC por pelo […]

Segurança

Laboratório de produção de drogas é encontrado pela polícia em Santa Catarina

A Polícia Civil descobriu um laboratório de produção de drogas e apreendeu cocaína e maconha. Foi na terça-feira (01), no bairro Glória, no município de Rodeio. A ação foi realizada pelo Setor de Investigações Criminais […]

Segurança

Polícia Civil atua em várias linhas de investigação do assalto em Criciúma

A Polícia Civil de Santa Catarina tem várias linhas de trabalho referentes à investigação do assalto ao Banco do Brasil, ocorrido na noite de segunda-feira (30), em Criciúma, no Sul do Estado. A investigação é […]

Mais notícias